publicidade

Estela

Saúde

Médicas de Florianópolis indicam vacinas mais importantes

Compartilhe

Por Estela Benetti
12/06/2019 - 20h43 - Atualizada em: 13/06/2019 - 10h32
Tiago Ghizoni/NSC Total

As médicas Annelise Lopes, patologista clínica, e Andrea Beninca de Almeida, pediatra, participaram nesta quarta-feira de evento informativo sobre vacinas promovido pelo Laboratório Santa Luzia, de Florianópolis, e transmitido pelo Facebook e Instagram da instituição.

Para quem tem vida sexual ativa, Andrea Beninca sugeriu tomar a vacina quadrivalente contra HPV, um tipo de vírus que causa câncer. A recomendação dessa vacina é para a população feminina de 9 a 45 anos, e a masculina, de 9 a 26 anos, mas a médica esclarece que todas as pessoas acima de 9 anos podem se vacinar. Quem passou da idade limite sugerida deve pedir uma recomendação médica. Outra vacina recomendada é a contra hepatite B, outra doença transmissível sexualmente.

Além dessas, há uma série de outras vacinas que postos ou clínicas privadas estão habilitados a ministrar e informar sobre as mesmas. A lista inclui imunização contra gripe, febre amarela, meningite, coqueluche, pneumonia, sarampo, tétano e herpes zoster. No caso de gripe, febre amarela,  sarampo e meningite, quanto mais pessoas imunizadas, menor o risco de transmissão dessas doenças, explica Annelise Lopes.

Como o sarampo tem avançado no mundo e é uma doença que pode levar a óbito, não só crianças, mas todos os jovens e adultos deveriam se vacinar. O número de casos está crescendo no Brasil pelo fato de algumas pessoas não terem sido vacinadas e da entrada de estrangeiros sem vacina, alerta Andrea. Segundo ela, quase 50% dos casos de sarampo registrados em São Paulo em 2018 foram em adultos jovens.

Outro alerta importante das médicas é que os prazos recomendados para vacinar crianças devem ser respeitados. Como nem todas as vacinas são baratas, o setor privado oferece também a opção de parcelamento. Quem quer saber mais informações técnicas sobre a importância de vacinas pode assistir ao vídeo do evento nas redes sociais do Santa Luzia.

Annelise Lopes informa também que há uma sociedade científihttps://sbim.org.br/ca nacional, sem fins lucrativos, que informa tudo sobre vacinas em site. É a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), no https://sbim.org.br/

Deixe seu comentário:

Estela Benetti

Estela Benetti

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

estela.benetti@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade