publicidade

Navegue por
Estela

Entrevista

“O Cejesc é uma grande escola de jovens líderes” diz novo presidente do conselho

Compartilhe

Por Estela Benetti
13/04/2019 - 04h30 - Atualizada em: 13/04/2019 - 04h30

Fundado a partir dos Núcleos de Jovens Empresários da Federação das Associações Empresariais de SC (Facisc), o Conselho Estadual de Jovens Empreendedores completou 20 anos terça-feira (09) e comemorou a data nesta sexta, em evento em Itapema. O Cejesc é considerado o maior movimento do segmento no Brasil e um dos seus pontos fortes é a formação de líderes. Saiba mais na entrevista do presidente em exercício do conselho, Marcos Stumpf (D) e do presidente licenciado Antonio Guimarães (E).

Como o Cejesc chega aos 20 anos?

Marcos Stumpf - O Cejesc é considerado atualmente o maior movimento de jovens empreendedores do Brasil. É formado por 75 Núcleos de Jovens Empreendedores de Associações Empresariais associadas à Facisc, tendo mais de 1.500 membros em todo o Estado. Nestes 20 anos, formou uma série de novos líderes, como seus ex-presidentes Glauco Corte Filho, André Gaidzinski e Amandio João da Silva, hoje Secretário Adjunto do Desenvolvimento Econômico Sustentável e Turismo de SC, além do Doreni Caramori Junior, ex-presidente da Confederação Nacional de Jovens Empresários (Conaje).

Quais foram os principais pontos altos da instituição nessas duas décadas?

Stumpf - Sempre dizemos que o Cejesc é uma grande escola de jovens líderes. Além disso, desenvolvemos programas como o Feirão do Imposto, que nasceu em Joinville e se espalhou por todo o país. Porém, de todos os projetos que fazem parte do Cejesc, o que mais me enche os olhos é o Geração Empreendedora que todos os anos leva um pouco de empreendedorismo e visão empresarial a adolescentes de todo o Estado (cerca de 500 por ano).

O que o conselho faz para inserir os jovens empresários no mundo da tecnologia e inovação?

Antonio Guimarães - Fomentar a inovação é um dos nossos grandes desafios. Nossa rede é formada por microempresários em sua maioria, sendo a maior parte da área de serviços. Entendemos que hoje em SC nós já temos alguns clusters de inovação, como Joinville e Florianópolis, mas precisamos levar este conhecimento também para Tunápolis, Jaguaruna, Taió e as outras 70 cidades de SC onde temos núcleos ligados ao Cejesc.

Como o conselho ajuda a internacionalizar negócios?

Guimarães - Estamos fomentando esta inserção internacional através da Aliança de Jovens Empreendedores do G20 (G20YEA) e principalmente da Federação Iberoamericana de Jovens Empresarios (FIJE). A FIJE é formada por Associações de Jovens Empresários de toda a Iberoamérica e tem como um dos principais objetivos fomentar a geração de negócios entre os jovens empreendedores dos países membros.

Deixe seu comentário:

Estela Benetti

Estela Benetti

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

estela.benetti@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação