nsc
nsc

publicidade

Prazo

Quem tem dívidas com o governo de SC pode aderir ao Prefis até o dia 28

Compartilhe

Estela
Por Estela Benetti
20/06/2019 - 04h25 - Atualizada em: 20/06/2019 - 06h33
(Foto: Pixabay)

Empresas e pessoas físicas que têm dívidas com o governo do Estado contam com prazo até o dia 28 deste mês, sexta-feira da próxima semana, para aderir ao Programa Catarinense de Recuperação Fiscal (Prefis), para quitar dívidas com ICMS e IPVA. É bom o contribuinte ficar atento por dois motivos. Um é que todo mundo deixa para a última hora e pode haver dificuldade para o sistema atender muitos ao mesmo tempo. Outro motivo é que o governo prometeu não lançar novos programas assim porque esse tipo de iniciativa prejudica quem recolhe os impostos no prazo.

Expansão

A rede Unilar, varejista de móveis e eletrodomésticos de Santo Amaro da Imperatriz comanda pelos irmãos José Mário da Silva e Alexandre José da Silva, inaugura a quarta loja da rede nesta sexta-feira. É a estreia em Florianópolis. A nova unidade, sediada na Avenida Ademar Gonzaga, no Itacorubi, tem mil metros quadrados e gerou 15 novos empregos diretos. A Unilar nasceu de uma oficina de bicicletas, há mais de 50 anos e segue vendendo esses produtos. Conta com lojas em Santo Amaro, Palhoça e São José.

BRF investe

No seu primeiro compromisso oficial como presidente global da BRF, Lourival Luz visitou terça-feira e ontem as cidades onde nasceram as marcas Sadia e Perdigão em Santa Catarina. Ele anunciou investimentos superiores a R$ 50 milhões nas operações em Concórdia e Videira, respectivamente.

— Temos um plano robusto para Concórdia e Videira este ano. Vamos modernizar as linhas de produção, revitalizar sistemas de segurança e fazer a manutenção geral das atividades, de modo a assegurar a qualidade em todas as etapas do processo – afirmou Lorival, que disse ter grande admiração pelo que foi construído nesses dois municípios.

Tipo exportação

Forte no setor de alimentos, SC também exporta subprodutos. Um exemplo é farinha e óleo de pescados. A empresa Agroforte, de Biguaçu, reaproveita proteína de pescados do Estado, industrializa e vende para diversos países. Entre os clientes estão Chile, Argentina, Panamá, Sri-Lanka, Taiwan, Bangladesh e Vietnã. A Agroforte tem capacidade para processar até 300 toneladas de resíduos de peixes por dia. A farinha e o óleo são usados para fazer ração para cães, gatos e peixes.

Deixe seu comentário:

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Últimas do colunista

Loading interface...
Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

publicidade

publicidade

Mais colunistas

    publicidade

    publicidade

    Mais colunistas