nsc
nsc

publicidade

Negócios

Santa Catarina exporta 3.596 bovinos vivos para a Turquia

Compartilhe

Estela
Por Estela Benetti
09/09/2019 - 14h11
Gessica Silva, SCPar, divulgação

O Porto de Imbituba, no Sul do Estado, fez a segunda exportação do ano de bovinos vivos para a Turquia. O novo embarque, feito na quinta-feira (5), de 3.596 cabeças no navio Ocean Shearer, vai para o Porto de Iskenderun, o mesmo que recebeu 5 mil cabeças de Santa Catarina em maio. O tempo de viagem será de 17 dias, com parada na Espanha para reabastecer de alimentação.

A carga foi agenciada pela empresa Wilson Sons, a responsável pelo embarque foi a empresa Simetria, de Imbituba e teve o suporte da SCPar. Segundo o empresário Antonio Carlos Guimarães, sócio da Simetria, os animais ficam bem acomodados durante a viagem, em baias ventiladas, como é possível nos decks (andares) do navio.

(Foto: )

Os embarques de bovinos começaram a ser feitos pela Simetria há dois anos. Conforme Guimarães, eles injetam na economia do Estado de R$ 8 milhões a R$ 12 milhões em dois meses. Todos os alimentos – silagens e rações para a viagem são adquiridos em Santa Catarina. O embarque dos animais foi realizado às 9h30min. 

Os animais exportados são jovens (terneiros). Resultam da produção leiteira do Estado que após alguns meses de vida são encaminhados para produção de carne, normalmente em confinamento. 

Deixe seu comentário:

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Últimas do colunista

Loading interface...
Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

publicidade

publicidade

Mais colunistas

    publicidade

    publicidade

    Mais colunistas