nsc
    nsc

    Notícia boa

    São João Batista registra recorde de empregos em janeiro

    Compartilhe

    Estela
    Por Estela Benetti
    04/03/2019 - 06h10 - Atualizada em: 04/03/2019 - 06h57
    Dirleni Dalbosco, Divulgação

    Neste janeiro em que Santa Catarina registrou a maior geração de emprego das últimas décadas para o período, mais 20.157, São João Batista, polo catarinense de calçados, também bateu recorde na abertura de vagas para o mês segundo o Caged. Foram 516 novos postos de trabalho. Se compararmos a população do município, cerca de 35,5 mil, foi uma das maiores médias em relação ao total de habitantes. A maioria das vagas, 394, foi para fabricar a coleção inverno 2019 da indústria calçadista. O prefeito Daniel Cândido estuda incentivos para atrair mais indústrias.  

    Renda domiciliar per capita sobe 3,94% no Estado em 2018  

    Santa Catarina fechou o ano passado com renda domiciliar per capita (por pessoa) de R$ 1.660, um crescimento de 3,94% frente ao ano anterior, 2017, quando ficou em R$ 1.597. O Brasil registrou ano passado renda per capita de R$ 1.373, com alta de 8,28% na comparação com o ano anterior, que teve média de R$ 1.268. Os dados foram divulgados pelo IBGE e integram a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicilio Contínua (Pnad Contínua).

    SC perdeu uma posição e ficou em quinto lugar no ranking nacional, atrás de Brasília (R$ 2.460), São Paulo (R$ 1.898), Rio Grande do Sul (R$ 1.705) e Rio de Janeiro (R$ 1.689). O crescimento da renda per capita no Estado ficou abaixo da média do país. Quem ultrapassou o Estado foi o Rio, cuja economia teve um impulso elevado em 2018 devido à recuperação do setor de petróleo graças a alta dos preços no mercado internacional. Essa melhor fase, com melhoria das contas públicas também pesaram para o avanço dos cariocas.

    Apesar disso, Santa Catarina segue com a melhor distribuição de renda do país e a menor taxa de desemprego. Nos últimos cinco anos, mesmo com a recessão econômica, a renda per capita das famílias de SC cresceu continuamente. Em 2014 estava em R$ 1.245, subiu em 2015 para R$ 1.398, em 2016 para R$ 1.458 e 2017 para R$ 1.597. Brasília é um ponto fora da curva porque é o Distrito Federal e os servidores públicos têm os maiores salários do país. O principal uso desses dados pelo governo é para definir o rateio dos recursos do Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal.    

    R$ 150 milhões

    A Procave Incorporações vai entregar este ano para Itajaí investimentos que somam R$ 150 milhões. Desse total, R$ 50 milhões foram no complexo do shopping Barra Mall, um centro comercial sofisticado inaugurado na última terça-feira na Praia Brava; e R$ 100 milhões  serão em hotel da bandeira Mercure e torre comercial no Centro da cidade. Segundo o presidente da Procave, Nivaldo Pinheiro, quando estiver em pleno funcionamento o prédio comercial abrigará cerca de 2 mil pessoas. As inaugurações desses últimos projetos estão previstas para junho.  

    R$ 450 milhões

    É o valor obtido pelo Porto de Itapoá para o investimento inaugurado ano passado que aumentou de 500 mil TUs/ano para 1,2 mil/ano a movimentação de cargas. Essa soma resulta de uma engenharia financeira que envolveu as participações de instituições financeiras como o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Banco BR Partners, ABC e ING.  

    De energia limpa

    A WEG e a Engie Brasil Energia são as duas empresas com sede em SC entre as nove brasileiras que integram as 200 principais empresas de energia limpa com capital aberto do mundo, segundo o relatório Carbon Clean 200 TM. A lista é elaborada pela AS You Sow e pela Knights, considerando receita resultante de energia limpa. As outras brasileiras são Cemig, Eletrobras, Energias do Brasil, Light, Banco do Brasil, Biosev e Natura.    

    Resultados

    A Tupy, de Joinville, acaba de pagar para mais de 8 mil empregados do Brasil e exterior a segunda parcela do programa de participação dos resultados de 2018. Cada trabalhador recebeu 1,55 salário nominal. Entre os benefícios da Tupy está o programa de assiduidade. Quem tem 100% de presença, uma vez a cada trimestre ganha de 10% a 15% a mais do salário.  

    Exemplo de Idaulo

    Familiares e amigos se despediram sábado do economista, escritor e professor Idaulo José Cunha, 81 anos, que faleceu sexta-feira devido a um infarto depois mais uma cirurgia para tratar rara doença que afetava a circulação sanguínea. Viúvo de Lenita Cardoso Cunha, ele deixou os filhos Paulo e Eduardo, cinco netos e noras. Idaulo Cunha, natural de Joinville, foi o primeiro presidente da Fundação do Meio Ambiente (Fatma), hoje IMA, e vice-presidente do BRD. Escreveu mais de 20 livros de economia e tinha um em andamento. Após servir o Exército e chegar a subtenente, cursou economia e, aos 60 anos, fez mestrado e doutorado em engenharia de produção na UFSC, onde ainda era pesquisador no Laboratório de Apoio a Decisões (LabSad). Fazia um trabalho sobre clusters de SC.  

    Startup

    Mais um segmento no mundo digital. O empresário Everton Quadros, fundador da imobiliária Directa, de Florianópolis, associou-se à Shift Code, de tecnologia. Juntos criaram sistema que suspende o trabalho do corretor e a taxa de 6% na compra de imóveis.

    Social

    A Stratum Blockchain Tech, que lançou há pouco uma cesta de investimentos em 10 criptomoedas chamada Stratumblue, se destaca no social. Parte da taxa é revertida para doações sociais por meio da BitGive.  

    Unicórnio

    Matéria do Estadão sobre empresas de tecnologia informa que a catarinense Resultados Digitais deve ser uma das próximas empresas a faturar R$ 1 bilhão no país, as chamadas unicórnio.  

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas