nsc

publicidade

Estela

Floripa Conecta

"Valorizar o cliente deve estar na cultura da empresa", diz consultor americano

Compartilhe

Por Estela Benetti
16/08/2019 - 03h30 - Atualizada em: 16/08/2019 - 12h23
(Foto: Fabrício de Almeida / Divulgação)

Idealizador da cultura de sucesso do cliente, o consultor e escritor americano Lincoln Murphy fez palestra sobre o tema nesta quinta (15), no primeiro dia do Startup Summit, evento de inovação em Florianópolis, dentro do festival Floripa Conecta.

— Valorizar o cliente deve estar na cultura da empresa. Se você está queimando clientes, desvalorizando funcionários, eles vão sair e vão compartilhar isso com a comunidade – alertou ele.

O especialista citou exemplos de como uma startup pode atingir crescimento exponencial colocando seu cliente no centro de todas as ações e recomendou que é importante pensar nos motivos que levam o cliente a sair da empresa.

Rede ao turismo 

Com o objetivo de promover a cooperação e compartilhamento de informações e dados entre as organizações que trabalham com turismo no Estado, foi lançada a Rede de Inteligência do Turismo durante o Encatho e a Exprotel, eventos realizados no Centrosul, que integram o Floripa Conecta. Participam da iniciativa a Fecomércio-SC, Federação dos Municípios (Fecam) e UFSC, em parceria com a Santur. Com melhor uso de dados, a expectativa é fortalecer o setor, facilitando negócios.  

Incentivos na pauta 

O aumento de alíquotas de ICMS em função do corte de incentivos fiscais continua sendo o grande problema da economia catarinense e assunto na maioria das rodas empresariais e de consumidores. Será abordado na reunião da diretoria da Fiesc nesta sexta, tendo como convidado o presidente da Comissão de Constituição de Justiça da Assembleia Legislativa. O presidente da Apex Brasil, Alex Carreiro, e representantes da multinacional de papel Westrock também falarão na reunião.   

Inflação em alta 

Os aumentos de preços em função do corte de incentivos são quase gerais no Estado, conforme havia informado a Acats, a associação dos supermercados. Entre os produtos que tiveram alta está o leite em pó, usado para alimentação de crianças. No caso do leite Ninho, um dos mais populares, houve alta de 15% no caso do produto convencional e do sem lactose o aumento chegou a quase 27%. 

Deixe seu comentário:

publicidade