nsc
nsc

Linha de frente

"Os hospitais e profissionais estão sobrecarregados", alerta funcionário do Samu de Blumenau

Compartilhe

Evandro
Por Evandro de Assis
16/03/2021 - 19h24
Técnico de enfermagem Rafael Krueger reclamou do comportamento da população
Técnico de enfermagem Rafael Krueger reclamou do comportamento da população (Foto: Reprodução)

O técnico de enfermagem do Samu de Blumenau Rafael Krueger gravou um vídeo, segunda-feira (15) à noite, alertando para a sobrecarga dos profissionais e instituições da saúde devido à Covid-19. Na mensagem, que está circulando em redes sociais, ele menciona a dificuldade crescente de transferir pacientes aos hospitais e cita o caso de uma mulher, que testou positivo para Covid-19 e teve de ser levada do Ambulatório Geral do Garcia para o Hospital Santo Antônio. Ela esperou por cerca de 10 minutos na ambulância até que o atendimento fosse providenciado.

​> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.​

— Fiz o vídeo no intuito de alertar a população. Demorou 10 minutos, foi rápido. O que eu falei é que o hospital está cheio, o pessoal está se desdobrando para encontrar uma vaga — esclareceu à coluna.

Segundo o profissional, a doença contagiosa transformou a rotina do serviço de urgência, onde trabalha há sete anos. Após cada atendimento, todos os equipamentos e a ambulância precisam passar por uma higienização que leva quase duas horas. No vídeo, ele reclamou do comportamento da população.

— A gente vê as pessoas na rua como se não fosse nada!

O Hospital Santo Antônio garantiu que, até o momento, nenhum paciente ficou sem atendimento por excesso de demanda. Porém, todos os hospitais da cidade apontam dificuldades crescentes tanto em leitos de UTI quanto de enfermaria. Nesta terça, a coordenadora da Oncologia Pediátrica do Santo Antônio publicou nas redes sociais um ofício que enviou à prefeitura informando que pacientes adultos de Covid-19 estão sendo internados nos leitos da ala para crianças com câncer.

Ainda na segunda-feira (15), hospitais de Blumenau comunicaram à prefeitura que adotarão um protocolo para escolher quais pacientes têm mais chances de sobreviver se transferidos para leitos de UTI. O objetivo é fazer uma triagem caso faltem leitos para tratamento intensivo.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Mais colunistas

    Mais colunistas