publicidade

Navegue por
Faraco

Recomeço

A chegada de Gilson Kleina ao Criciúma

Compartilhe

Por Faraco
14/03/2019 - 08h55 - Atualizada em: 14/03/2019 - 08h55
Kleina na época da Chapecoense. Foto: Sirli Freitas/ACF
Kleina na época da Chapecoense. Foto: Sirli Freitas/ACF

Com João Carlos Maringá e Gilson Kleina, o Criciúma faz um novo recomeço. É uma nova tentativa. Quando analiso que o clube não sabe o que faz com seu futebol, é justamente por essas quebras totais de projeto. Até agora era com Nei Pandolfo, Ricardo Rocha e Doriva. Não duraram três meses completos. Todos caíram. Maringá e Kleina podem fazer o que o clube precisa, mas precisam de respaldo e tempo para trabalhar. O objetivo tem que estar claro.

A Série B precisa ser priorizada. É, de verdade, um grande recomeço. Kleina e Maringá conhecem o mercado e são capazes de identificar carências para tornar a equipe muito forte. Agora, se daqui a dois meses a direção resolver recomeçar novamente, o ano acabará mais cedo para o Tigre.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação