nsc
nsc

Crise

Bastidores mostram a instabilidade da gestão no Figueirense

Compartilhe

Faraco
Por Faraco
23/08/2019 - 09h26 - Atualizada em: 23/08/2019 - 09h28
Grupo voltou a Florianópolis nesta quarta-feira após W.O. em Cuiabá (Foto: Gabriel Lain / Diário Catarinense)

A instabilidade de decisões é total. Havia jogador contratado, com passagem marcada para vir para Florianópolis na manhã de quinta-feira (22) e que teve o negócio cancelado em cima da hora. A justificativa? O presidente mudou de ideia. E o jogador, que estava com tudo pronto para embarcar, teve que assimilar a notícia.

Sim, mesmo que o cenário seja caótico, ainda há jogadores que enxergam no Figueirense um ótimo espaço para crescer. É a força da marca do clube. Um clube que está entregue a um dono que tem esses rompantes. Uma hora é “contrata! Emite a passagem”, outra hora é “suspende a contratação! Cancela tudo!”.

Por isso é muito difícil saber qual vai ser o futuro do Figueirense. Por isso, também os conselheiros têm tanta dificuldade no trato com a empresa.

Deixe seu comentário:

Rodrigo Faraco

Colunista

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, faz análises e bastidores dos times do Estado.

siga Faraco

Últimas do colunista

Loading interface...
Rodrigo Faraco

Colunista

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, faz análises e bastidores dos times do Estado.

siga Faraco

Mais colunistas

    Mais colunistas