nsc

publicidade

Brasileirão

Derrota para o Santos foi a 20ª do Avaí. A história dos pontos corridos mostra que o Leão já caiu

Compartilhe

Faraco
Por Faraco
07/11/2019 - 00h50 - Atualizada em: 07/11/2019 - 08h32
Avaí perde por 2 a 1 para o Santos (Foto: Ivan Storti, Santos FC)
Avaí perde por 2 a 1 para o Santos (Foto: Ivan Storti, Santos FC)

O Santos teve o trabalho de jogar 25 minutos para ganhar o jogo do Avaí, na Ressacada. No restante da partida, correu para segurar e administrar a vitória. Não foi o Santos que se esperava, com o futebol bem jogado da temporada. Nem mesmo o baixinho Soteldo teve uma boa noite.

O Avaí começou o jogo um pouco torto com uma escalação que tinha três zagueiros, três laterais e três volantes. Apenas um atacante, que era Jonathan. Mas a marcação estava frouxa. Dava generosos espaços entre as linhas para o Santos jogar e construir. A escalação era ruim, tinha algumas novidades que surpreenderam, e, no final das contas, não funcionou.

O Avaí passou a jogar quando estava perdendo por 2 x 0 e Evando tirou um dos zagueiros para colocar João Paulo. Mais do que a mexida, o time passou a morder mais, encurtando espaços e dificultado muito o toque de bola do Santos. Os erros passaram a aparecer e o Avaí conseguiu enfrentar o terceiro colocado do campeonato. Nada de especial, a não ser o golaço de João Paulo, ainda na primeira etapa.

Além disso, um chute pelo lado esquerdo de Jonathan no primeiro tempo, que Éverson defendeu, e, na segunda etapa, o lance que gerou a expulsão do zagueiro Gustavo Henrique. Não houve uma grande chance para empatar o jogo, por mais que o Avaí seguisse jogando mais em campo.

No apito final, o mesmo de sempre. Mais uma derrota dentro da Ressacada e já nem a matemática ajuda. Foi a 20ª derrota na competição. É mais que um turno inteiro de derrotas. Ninguém nunca escapou do rebaixamento com 38 pontos. É o máximo que o Avaí pode fazer nas sete partidas que restam. No campeonato brasileiro com 20 times e pontos corridos, uma única vez um time escapou com 40 pontos. Foi o Palmeiras, em 2014. Nunca nenhuma equipe escapou com menos pontos. O Avaí já caiu! Só falta fechar a conta.

Ouça o comentário:

Deixe seu comentário:

Rodrigo Faraco

Colunista

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, faz análises e bastidores dos times do Estado.

siga Faraco

publicidade