nsc

publicidade

Série B

Figueirense deixou escapar mais uma vez, mas resultado em Salvador não é ruim

Compartilhe

Faraco
Por Faraco
02/11/2019 - 19h02 - Atualizada em: 02/11/2019 - 19h20
Figueirense esteve perto de vencer a partida no Barradão (Foto: divulgação EC Vitória)
Figueirense esteve perto de vencer a partida no Barradão (Foto: divulgação EC Vitória)

Mais uma vez faltou maturidade ao Figueirense. Mesmo com jogadores experientes em campo, o time não tem conseguido segurar resultados muito importantes nos minutos finais das partidas. A vitória parcial de 2 x 1, no Barradão, até 33 do segundo tempo, era um resultado gigante na luta contra o rebaixamento. O time tomou um pênalti bobo, num lance de contra-ataque. Não pode ocorrer.

O Figueirense esteve melhor em campo durante a maior parte do jogo. Desde o primeiro tempo esteve organizado e chegando bem, com bom toque de bola. Quando tomou o gol, o alvinegro era melhor. Tanto que fez o empate quase imediatamente. O segundo tempo seguiu bom para o Figueirense. Pintado mexeu bem no time no intervalo. A entrada de Odilávio deu um pouco mais de presença ofensiva. Aliás, o meia fez um golaço pra virar o jogo pro Figueirense. O chute da entrada da área pegou todo mundo de surpresa e fez uma trajetória muito bonita pra entrar no cantinho.

Depois dos 30 minutos, o Figueira poderia ter administrado melhor. Talvez ocupando mais o campo de defesa e explorando os erros do Vitória, que certamente viria pra cima. Mas acabou dando espaços contra-ataques. Tomou um castigo, com o pênalti e o gol de Carleto. Pintado poderia ter mexido no time, protegendo um pouco mais. Ou mesmo modificando a postura em campo. O resultado não é ruim. Só que uma vitória seria um salto em pontuação na tabela, mesmo que o time não saísse do Z4. A realidade é que, mesmo com toda a experiência, tem faltado leitura e maturidade ao Figueirense. Nas duas últimas rodadas, quatro preciosos pontos escaparam.

Deixe seu comentário:

Rodrigo Faraco

Colunista

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, faz análises e bastidores dos times do Estado.

siga Faraco

publicidade