nsc

publicidade

Faraco

Sem vencer

Fragilidades do Avaí expostas novamente

Compartilhe

Por Faraco
18/08/2019 - 23h13
Foto: Tarla Wolski/Especial/DC
Foto: Tarla Wolski/Especial/DC

Não dá pra dizer que o Avaí foi um time desorganizado contra a Chapecoense. Mas dá pra afirmar, com toda clareza, que a equipe em nenhum momento assustou a meta defendida pelo goleiro Tiepo. Apenas uma vez o goleiro da Chape teve que trabalhar. Um cruzamento, que acabou indo para o gol e que foi até tranquilo para o goleiro do Verdão. Valentim tentou de tudo. Trocou os homens de frente na escalação inicial e, depois, com o passar do jogo, foi tentando outras opções. Nada deu certo.

A equipe tocava, com mais posse de bola, mas não agredia, finalizando pouco. Foram apenas seis, só que apenas uma, sem querer, foi no gol. É nada para um time que precisa de vitórias. A Chape foi sempre mais agressiva, não acertava o alvo também, mas chegava com mais perigo e dando trabalho à defesa do Avaí. A constatação é muito complicada, porque parece que o técnico faz o que está no seu limite. Está muito claro que o Avaí está frágil e fraco para o tamanho da competição que está enfrentando.

Deixe seu comentário:

publicidade