publicidade

Navegue por
Faraco

Copa do Brasil

Missão do Avaí é deixar decisão em aberto para o segundo jogo

Compartilhe

Por Faraco
14/03/2019 - 11h10 - Atualizada em: 14/03/2019 - 11h06
Pedro Castro no meio de campo. Foto: Leo Munhoz/Diário Catarinense
Pedro Castro no meio de campo. Foto: Leo Munhoz/Diário Catarinense

O Avaí precisa amarrar o jogo no Rio. Nesse sentido, a intenção do técnico Geninho na montagem da equipe está numa linha certa. O treinador disse que a entrada de Ricardo é para reforçar a marcação. Mesmo dizendo que Pedro Castro e Matheus Barbosa terão um pouco mais de liberdade, a ideia clara é de não deixar jogar. Não acredito num Avaí com posse de bola e tentando empurrar o Vasco pra trás. A questão é mesmo amarrar o jogo, marcando forte e preenchendo espaços.

Isso não invalida alguma possibilidade de chegar ao ataque com qualidade. Amarrando o jogo e deixando pouco espaço, o Leão pode se utilizar desta arma para surpreender com as saídas rápidas de Getúlio e João Paulo. Será uma boa disputa, muito aberta. Os dois times estão bem nos campeonatos locais e quem passar sairá bastante forte para o último mata-mata desta fase da Copa do Brasil. Mas para isso é fundamental trazer o confronto aberto. Decidir na Ressacada é um trunfo, mas é preciso chegar bem.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação