publicidade

Navegue por
Faraco

Reta final

Momento é de definição no Campeonato Catarinense

Compartilhe

Por Faraco
23/03/2019 - 15h05 - Atualizada em: 23/03/2019 - 15h01
Foto: Tiago Ghizoni/Diário Catarinense
Foto: Tiago Ghizoni/Diário Catarinense

Um adversário fraco, muitos testes importantes e a Seleção Brasileira começa o ano e a preparação efetiva para a Copa América, que será disputada em casa no meio do mês de junho. Com novidades em todos os setores do campo, o técnico Tite dá uma oxigenada no time nacional, trazendo boas novidades como Richarlison, Paquetá, Militão, Alex Telles e Arthur. São jogadores que vão fazer parte do novo ciclo da Seleção para a Copa do Catar. Era Figueirense e Avaí podem terminar a rodada do fim de semana classificados matematicamente para as semifinais.

O Alvinegro precisa de uma vitória, enquanto o Leão precisa somar os três pontos e mais um resultado entre dois possíveis: tropeço do Marcílio ou do Brusque. Não é tão simples, mas também não é complicado. A questão é que os dois tem jogos clássicos pela frente. Enfrentar Joinville e Criciúma nunca é algo simples. São partidas quentes pela rivalidade. Mas é o momento para mostrar e reafirmar aquilo que fizeram até aqui. O Avaí tem mostrado o melhor futebol da competição. O Figueirense o mais eficiente. Sendo assim, podem bater a dupla irregular.

O JEC tem sido uma grande decepção entre os grandes. Na quinta-feira, em casa, não teve capacidade de furar a defesa do Hercílio Luz. Quase perdeu, na verdade. Já o Criciúma, mesmo agora sob o comando de Gilson Kleina, ainda mostra bastante irregularidade e ainda não contará com os jogadores recém-contratados. A dupla está com tudo e a rodada pode ser definitiva.

Briga pelo quarto lugar no Catarinense

Marcílio Dias, Brusque, Criciúma e Joinville ainda brigam pelo quarto lugar, que dá uma das vagas nas semifinais. É algo que a nova fórmula propicia, já que no ano passado, neste ponto do campeonato, a decisão entre Chapecoense e Figueirense já estava praticamente definida. Era algo previsível de acontecer e está acontecendo. E é extremamente positivo.

A briga deve ir até a última rodada, esquentando o Estadual. Há correções ainda a fazer no formato da competição, mas mudar de final direta para semifinais foi melhor. Entre os concorrentes, analiso que Marcílio Dias e Criciúma têm mais chances de chegar. E não é uma análise somente pela pontuação, entram aí a qualidade de jogo visto em campo até aqui e até mesmo a força de camisa, como é o caso do Criciúma.

Mas não haverá surpresa se o Brusque ainda ficar com a vaga, como está agora, sob o comando de Marcelo Caranhato. A surpresa será uma recuperação final do Joinville. A disputa vai até o final.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação