publicidade

Navegue por
Faraco

Tigre

O clima quente em Criciúma

Compartilhe

Por Faraco
04/12/2018 - 07h55 - Atualizada em: 04/12/2018 - 07h55
Técnico e presidente trocaram ofensas. Foto: Guilherme Hahn/Especial
Técnico e presidente trocaram ofensas. Foto: Guilherme Hahn/Especial

Os áudios vazados do técnico Mazola Júnior, que disparou contra o presidente Jaime Dal Farra, expõem a forma como o clube vem sendo tratado nos bastidores. Sem dar mais ou menos razão a nenhum deles, não é este o nível de negociação, de argumentação, que se espera dentro de um clube com a grandeza que o Criciúma tem.

O que se espera é o mínimo de respeito à instituição e uma conversa sobre projeto e temporada, que é o que o clube precisa. Mas o percebido de um lado e de outro, na acusação de Mazola e na resposta de Dal Farra, que a única discussão é o valor do salário para a próxima temporada.

Depois, quando acertam, geralmente o discurso é de projeto – quantas vezes ouvimos isso em apresentações de treinadores? O que o Tigre precisa é tratar do futebol. Não se pode admitir disputar pra não cair no Catarinense e na Série B como vem fazendo.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação