publicidade

Navegue por
Faraco

Vitória

O melhor Figueirense na Série B

Compartilhe

Por Faraco
11/06/2019 - 22h51 - Atualizada em: 11/06/2019 - 22h51
Foto: Leo Munhoz/DC
Foto: Leo Munhoz/DC

A atuação do primeiro tempo na noite de ontem foi digna de um aniversariante com bastante a comemorar. Foi 1 x 0 no placar parcial, mas a justiça no placar seria, no mínimo, para 3 x 0. O time chegou bem, usando os dois lados do campo e criando nos espaços deixados pelo Botafogo-SP. Foram duas oportunidades claríssimas, além do gol feito por Rafael Marques. O goleiro Denis, até o intervalo, não precisou trabalhar. Essa história durou até o gol de empate do Botafogo, aos 15 do segundo tempo.

Antes disso, o goleiro Darley, do adversário, já havia salvado uma grande oportunidade do Figueira, de novo com Rafael Marques. No momento em que tomou o gol, o Figueirense não merecia. Na verdade, merecia e deveria estar ganhando com placar mais folgado. As mexidas de Roberto Cavalo foram muito boas. Já na volta para o segundo tempo, ele colocou ofensividade, com Nadson e Henan.

Com dois centroavantes, o Botafogo passou a ter uma força ofensiva maior. Foi então que Denis teve que salvar duas vezes seguidas para evitar a virada da equipe paulista. O jogo parecia ter escapado. Só que a justiça se fez com o gol de Ruan Renato, numa bola parada em que pouco se poderia se dar crédito, diante de tantas chances claras que foram criadas. A realidade é que o Figueirense não merecia empatar. Mereceu mesmo vencer. Fez futebol pra isso.

Aproveitamento é bom

Agora o Figueirense tem um mês pra melhorar aquilo que vem sendo feito pelo técnico Hmerson Maria e pelo time na Série B. Em 24 pontos disputados, nas oito rodadas até aqui, foram 13 conquistados. São 54, 17 por cento de aproveitamento, numa campanha que não é excepcional, mas que também não pode ser descartada. Repito que o Figueirense ficou devendo apenas dois pontos da caminhada até aqui.

O empate com o São Bento, em casa, foi o único tropeço real do alvinegro. Com estes dois pontos a mais, o time poderia estar no G4 da competição. Em termos de atuação, a equipe veio crescendo. Fez atuações irregulares no início. Mas os últimos três jogos já foram bem melhores. Sem nenhuma dúvida, a partida da noite desta terça foi a melhor de todas. Não foi perfeita, mas teve um time agressivo, ligado o tempo inteiro e que buscou e mereceu a vitória.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação