publicidade

Navegue por
Faraco

Postura errada da diretoria do Flamengo

Compartilhe

Por Faraco
12/02/2019 - 06h25 - Atualizada em: 12/02/2019 - 06h25
Presidente Rodolfo Landim no Ministério Público
Presidente Rodolfo Landim no Ministério Público. Foto: Marcelo D. Sants/FramePhoto/Folhapress

O Flamengo mais uma vez fez um pronunciamento. O presidente Rodolfo Landim foi ao Ministério Público do Rio de janeiro, com uma comitiva, envolvendo atuais e antigos dirigentes rubro-negros, e respondeu na reunião fechada às questões feitas ao clube sobre a tragédia da última sexta-feira. O Flamengo está disposto a arcar com as responsabilidades, independentemente da investigação que está em curso sobre os motivos do incêndio que matou 10 garotos da base. Essa é a parte correta. O Flamengo é responsável, inegavelmente. Os garotos estavam sob a responsabilidade do clube, dentro do CT. Morreram lá. Não há como não assumir esta responsabilidade. A outra questão são os pronunciamentos oficiais. Os dirigentes deveriam responder às perguntas dos jornalistas. Jogar de frente. Com o tamanho e a representatividade e, até, com todo o carinho que o Flamengo tem de milhões pelo Brasil. Seria mais transparente, mais sincero, mais simpático e mais correto. Pedir desculpas às famílias brasileiras, abraçar as famílias atingidas e honrar responsabilidades. Está faltando esta grandeza para os que dirigem uma grande instituição nacional.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação