publicidade

Navegue por
Faraco

Copa do Brasil

Vasco gosta de espaço e velocidade

Compartilhe

Por Faraco
12/03/2019 - 07h15 - Atualizada em: 12/03/2019 - 07h15

O adversário do Avaí da próxima quinta-feira, o Vasco, do técnico Alberto Valetim, é mais um time que tem como base uma boa estrutura defensiva e que gosta de jogar nos erros dos oponentes. Foi assim que jogou o clássico do último sábado, contra um Flamengo praticamente reserva. Não tomou a iniciativa. Saía em velocidade, com os pontas Pikachu e Marrony, que são as válvulas de escape da equipe. O volante Lucas Mineiro é a saída de bola. É ele, ex-Chapecoense, que dita o ritmo da saída de jogo do Vasco. Além disso, tem se destacado com gols de cabeça. Na defesa a solidez de uma zaga experiente, com Werley e, principalmente, Leandro Castan.

Talvez a melhor estratégia para Geninho seja montar mais uma vez uma equipe com três zagueiros, lançando os laterais para brigar bastante no lado do campo. O meio do Avaí pode ficar até mais preenchido que o do Vasco, que geralmente tem um volante que gruda mais na zaga e um meia, Thiago Galhardo, que encosta mais no ataque, esvaziando o setor. O importante é não dar espaço para a velocidade, porque é justamente como o Vasco gosta de jogar.

Deixe seu comentário:

Rodrigo Faraco

Faraco

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, faz análises e bastidores dos times do Estado.

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação