publicidade

Navegue por
Lariane

Prejuízos

Após temporal, Nova Veneza decreta situação de emergência

Compartilhe

Por Lariane Cagnini
18/01/2019 - 11h29 - Atualizada em: 18/01/2019 - 15h06
Foto: Cris Freitas, Divulgação

Nova Veneza, no Sul do Estado, decretou situação de emergência na manhã desta sexta-feira. O documento foi assinado pelo prefeito em exercício Sérgio Alberto Spilere, depois que oito bairros foram atingidos, casas foram alagadas e quatro famílias ficaram desalojadas. Segundo monitoramento da Epagri/Ciram, choveu 128 milímetros nas últimas 24 horas em Nova Veneza, maior acúmulo de chuva registrado em todo o Estado.

Houve danos em casos e empresas nos bairros Centro, Bortolotto, Nossa Senhora de Lourdes, Eliza, Bortoluzzi, São José, Baixada e Sanga Curta, no interior do município. Na manhã desta sexta, equipes da Defesa Civil municipal e regional percorrem os pontos afetados para contabilizar os prejuízos da enxurrada.

— Na noite de ontem prestamos toda a assistência necessária às famílias atingidas, agora as nossas equipes retornam para contabilizar os prejuízos e obtermos um levantamento preciso do número de pessoas atingidas. Estão sendo distribuídos kits de higiene pessoal e limpeza, disponibilizados pela Defesa Civil regional — explica Spilere.

O coordenador regional da Defesa Civil, Rosinei da Silveira, está na cidade para auxiliar e dar apoio logístico, com o objetivo de organizar a gestão do desastre e atender à população. As famílias que sofreram algum tipo de dano devem entrar em contato com a Secretaria de Assistência Social pelo telefone (48) 3436.1946 ou (48) 99621.1985 para fazer o cadastramento.

Deixe seu comentário:

Últimas do colunista

Todas do colunista

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação