nsc

publicidade

Fiscalização

Estacionamento reduzido na Praia do Ouvidor divide opiniões

Compartilhe

Por Lariane Cagnini
28/01/2019 - 18h02 - Atualizada em: 28/01/2019 - 18h06
Murilo da Rosa, Divulgação

Frequentadores da Praia do Ouvidor, em Garopaba, tem buscado se adaptar às mudanças em relação ao estacionamento. Até a temporada passada, toda faixa de área podia ser ocupada por veículos, porém as regras estão diferentes este ano. Um acordo entre Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), prefeitura e Corpo de Bombeiros determina que metade da praia seja restrita para utilização de banhistas, ficando a outra parte destinada para os carros.

Na semana passada, uma nova reunião sobre o assunto determinou que a praia será reaberta após o dia 11 de março, segundo a diretora de Trânsito Alessandra Diniz Gregório. Depois dessa data, devem iniciar as obras de alargamento na estrada que dá acesso à praia, estudos para implantação de estacionamento e um acesso alternativo.

Em caráter emergencial, ficou determinado um local para estacionamento preferencial de idosos e deficientes, além de quatro vagas próximas ao rancho dos pescadores, para carga e descarga do pescado. Até o dia 7 de fevereiro, a prefeitura deve encaminhar ao MPSC um plano de ação e execução de medidas para buscar soluções alternativas para estacionamento no local.

A intenção da administração municipal é que o acesso de veículos à praia seja reduzido gradativamente, até ser extinto. As mudanças dividem opiniões, e parte da população contesta como foi tomada a decisão. Comércio e pessoas que alugavam casas falam em queda no movimento. Turistas, que buscavam a praia pela facilidade de deixar o carro próximo, também estão insatisfeitos.

A Associação Comunitária Ibiraquera Gramense (ACIG) informa que não é contra a fiscalização dos carros na orla, porém diz que a mudança foi abrupta e sem diálogo. Sem tempo de conscientizar os frequentadores ou discutir a delimitação da área de estacionamento, faltam vagas para os carros.

Deixe seu comentário:

publicidade