publicidade

Navegue por
Lariane

Arrecadação

IPTU 2019 deve render R$ 30 milhões aos cofres de Criciúma

Compartilhe

Por Lariane Cagnini
08/01/2019 - 15h22 - Atualizada em: 08/01/2019 - 16h53
Foto: Arquivo Decom, Divulgação

Lançada esta semana, a campanha do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2019 de Criciúma deve arrecadar R$ 30 milhões para os cofres da Prefeitura. A estimativa é do secretário municipal da Fazenda, Celito Cardoso, que espera uma diminuição na inadimplência. Isso porque na cobrança deste ano os valores estão mais baixos, já que a taxa do lixo foi diluída na conta mensal da água.

Atualmente, a cobrança da Taxa de Coleta e Destinação de Resíduos Sólidos (TCDRS) tem inadimplência superior a 20%, segundo Cardoso. Com o valor parcelado em 12 vezes na fatura da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan), os contribuintes serão beneficiados, explica o secretário.

As guias do tributo podem ser retiradas pessoalmente no setor de Arrecadação da Prefeitura e nas Subprefeituras do Rio Maina, Quarta Linha e Santa Luzia, de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 17h. Pela internet, é possível emitir o boleto pelo site da prefeitura.

Criciúma tem 82 mil cadastros prediais e 17 mil terrenos, e como foi feito no ano anterior, o imposto pode ser pago em até 10 vezes, com parcela mínima de R$ 100. Os contribuintes que pretendem pagar o IPTU em cota única têm até o dia 28 de fevereiro para quitar o débito, e quem tem direito à isenção da taxa podem solicitar o benefício até o dia 30 de março, no setor de Arrecadação no Paço Municipal Marcos Rovaris.

Segundo Cardoso, a novidade deste ano é a isenção do IPTU para Instituições que atendem portadores de câncer. Também tem direito aposentados ou pensionistas com mais de 65 anos com renda familiar de até três salários mínimos e imóvel de até 150m². Os contribuintes com baixa renda familiar, de até dois salários mínimos, também com imóvel de até 150m², podem solicitar.

Deixe seu comentário:

Últimas do colunista

Todas do colunista

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação