publicidade

Lisandra

Solidariedade

Feijoada do Bem ajudará entidades de Joinville

Compartilhe

Por Lisandra Oliveira
13/07/2019 - 13h18 - Atualizada em: 13/07/2019 - 13h18
Lisandra Oliveira\ Entidade quer transferir os atendimentos da Universo Down para o CEI Padre Carlos até dezembro e sair do aluguel
Lisandra Oliveira\ Entidade quer transferir os atendimentos da Universo Down para o CEI Padre Carlos até dezembro e sair do aluguel

Neste sábado tem mais uma edição da Feijoada do Bem, no Square Garden. O evento que já acontece há 6 anos tem como proposta ajudar as instituições de Joinville. Nesse ano, o valor arrecadado com a venda dos ingressos será revertido para a Universo Down que atende pessoas com síndrome de down e também para o Hospital Regional Hans Dieter Schmidt.

Segundo o organizador do evento, Germano Linzmeyer, as instituições foram escolhidas depois de uma triagem. “Eu visitei as instalações de cada instituição, conheci os projetos e verifiquei até os extratos bancários para constatar realmente a necessidade das entidades”, explica.

A Universo Down que atende 75 pessoas através de sessões de terapia ocupacional, fonoaudiologia, pedagogia e aulas de artes - pretende empregar o dinheiro na reforma do Centro de Educação Infantil Padre Carlos. A entidade ganhou do Governo do Estado, o direito ao uso do espaço.

Segundo o presidente da instituição, Rodrigo Gonçalves, a intenção é reformar dois banheiros, cinco salas, além da secretaria e o portal de entrada do prédio. “Nós já reformamos a cobertura. Em agosto, queremos iniciar a segunda etapa das obras para que até dezembro, possamos transferir todo atendimento da instituição para o novo espaço e com isso, sair do aluguel”, comenta.

Já o Hospital Regional quer aplicar a verba na compra de um aparelho portátil que identifica anomalias no coração. O chamado Holter, tem a mesma função de um eletrocardiograma. Conforme o diretor do hospital, Evandro Rodrigues Godoy, cada equipamento custa em média 5 mil reais.

Atualmente o hospital conta com 3 aparelhos, para atender uma fila de 571 pacientes. “Com a quantidade de equipamentos que temos hoje, é possível fazer cerca de 32 exames por mês. O ideal seria comprar mais 5 aparelhos e com isso diminuir significativamente a fila de espera”, ressalta o Evandro.

Mais de 700 ingressos foram colocados a venda para o evento. O valor é R$ 85,00 e crianças até 5 anos não pagam. “Quase todos já foram vendidos, e no sábado, a partir das 14 horas vamos disponibilizar mais 30 ingressos na bilheteria do evento para quem quiser comprar na hora”, revela o organizador do evento.

A Feijoada começa às 12h e contará com atrações musicais, entre elas, o grupo de pagode Boca Loca. A comida será servida até às 15h e o evento segue até às 19h.

Deixe seu comentário:

Lisandra Oliveira

Lisandra Oliveira

Lisandra Oliveira

Lisandra mostra os bons exemplos de Joinville e região. As pessoas que se dedicam a melhorar o local onde vivem, que inspiram com ações que fazem a diferença na nossa comunidade.

lisandra.oliveira@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade