nsc

publicidade

Cultura

Orquestra Prelúdio recebe declaração de Utilidade Pública Municipal

Compartilhe

Lisandra
Por Lisandra Oliveira
01/11/2019 - 19h35 - Atualizada em: 01/11/2019 - 19h34
Divulgação\ O músico e maestro Rafael Huch (esq.), Gilberto Ziemer, presidente da ACAJE e o Prefeito Udo Döhler
Divulgação\ O músico e maestro Rafael Huch (esq.), Gilberto Ziemer, presidente da ACAJE e o Prefeito Udo Döhler

Associação Cultural e Artística de Joinville (ACAJE), mantenedora da Orquestra Prelúdio, recebeu do prefeito Udo Döhler o reconhecimento de Utilidade Pública Municipal, por meio da LEI 8.747. Nesta semana a Orquestra Prelúdio, em parceria com o Coro Vox Camerata e músicos convidados, apresentou a Cantata BWV 147, que contemplou as mais tradicionais obras do Músico Johann Sebastian Bach. As apresentações foram gratuitas, e contemplaram um público de mais de 1.500 pessoas.

A Cantata BWV 147 de Bach foi formada por mais de 40 músicos, entre cantores, instrumentistas e solistas. O grupo contou com integrantes da Orquestra Prelúdio, do Coro Vox Camerata e quatro solistas – a soprano Karolyne Liesenberg (Curitiba/PR), a contratenor Victor Bento (Curitiba/PR), o tenor Maico Sant’Ana (Curitiba/PR) e o baixo Alexandre Leão (Joinville/SC), incluindo convidados da Orquestra Sinfônica do Paraná e da Orquestra Sinfônica de Santa Catarina.

A peça original, em alemão “Herz und Mund und Tat und Leben” (Coração e boca e ações e vida), foi composta por Bach na festa da igreja de Visitação da Virgem Maria a Izabel, em Leipzig, em 1723. Entre os trechos mais conhecidos dessa cantata está o coro “Jesus, alegria dos homens”. “Já naquela época, Bach trouxe para o povo algo conhecido, fazendo a comunidade se sentir parte ativa da cantata ou da celebração”, comenta Huch.

Jardim Criativo no Museu de Arte de Joinville

A animada celebração mexicana do Día de Los Muertos (Dia dos Mortos), será o tema da feira Jardim Criativo que acontece neste domingo (03), nos jardins do Museu de Arte de Joinville – MAJ (rua XV de Novembro, 1400 - América), das 13h às 20h. Desde a sua criação, será a maior edição já realizada da feira, com a participação de mais de 70 expositores e novas opções de produtos, sempre valorizando a proposta do artesanato de referência.

No evento, o público vai encontrar diversidade de roupas e brinquedos artesanais, laços e acessórios infantis, chinelos customizados, brechó, aromatizadores de ambiente e repelentes naturais, artigos místicos e astrológicos, cristais, discos de vinil novos e usados, bolsas, joias alternativas, utensílios decorativos feitos em concreto, cadernos, blocos e álbuns, peças em cerâmica, sabonetes artesanais, artigos pet, peças em tricô e crochê, colecionáveis, quadros e espelhos em mosaico, acessórios, cactos e suculentas, minijardins criados em recipientes abertos e fechados.

Na área de gastronomia, delícias como doces, salgados, bolo no pote, crepes, pizza, cachorro quente, hambúrguer artesanal, brigadeiros, cozinha vegana, culinária artesanal afetiva, pipoca e café gourmet, produtos coloniais como queijos, pães, biscoitos e cucas.

Para divertir a criançada, festa garantida com o espaço kids, a partir das 14h; contação de histórias, com Thaís Iolanda, às 15h; e pintura temática de rosto com as divertidas caveirinhas mexicanas, inspiradas na comemoração do “Día de Los Muertos”.

A feira terá, ainda, aulas e jogos de xadrez com a equipe do Núcleo de Estudos em Xadrez & Tecnologia da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), a partir das 14h; e, para quem busca equilíbrio e bem-estar, aula de Dança Circular com Maureen Bartz, às 16h.

A programação musical desta edição do Jardim Criativo iniciará às 14h, ao som de bossa nova e música popular brasileira com o DuoKafeh, com a voz de Bárbara Perão e violão de José Mauro Silva. Às 17h, no ritmo do tema da feira, o contagiante repertório latino com o cantor Mutley.

O evento é petfriendly e tem estacionamento gratuito na Cidadela Cultural Antarctica (rua XV de Novembro, 1383 – América), em frente ao MAJ. A feira Jardim Criativo é realizada pelo grupo Fábrica Criativa, formada por amigas e artesãs que se uniram e criaram um evento para expor os seus trabalhos e os de outros artistas locais. A atração tem apoio da Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult). A entrada é gratuita.

Deixe seu comentário:

Lisandra Oliveira

Colunista

Lisandra Oliveira

Lisandra mostra os bons exemplos de Joinville e região. As pessoas que se dedicam a melhorar o local onde vivem, que inspiram com ações que fazem a diferença na nossa comunidade.

siga Lisandra Oliveira

Lisandra Oliveira

Colunista

Lisandra Oliveira

Lisandra mostra os bons exemplos de Joinville e região. As pessoas que se dedicam a melhorar o local onde vivem, que inspiram com ações que fazem a diferença na nossa comunidade.

siga Lisandra Oliveira

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade