nsc
    nsc

    BR-101

    Construção de ponto de apoio para caminhoneiros aumentará valor de pedágio  

    Compartilhe

    Loetz
    Por Loetz
    21/11/2019 - 16h25 - Atualizada em: 21/11/2019 - 16h34
    Arteris apresentou em reunião na Fetrancesc o ponto de apoio para caminhoneiros
    (Foto: Divulgação)

    O projeto de construção de um ponto de apoio para motoristas, no quilômetro 220 da BR-101, em Palhoça, foi apresentado pela Arteris Litoral Sul durante a reunião da Federação das Transportadoras de Carga e Logística de Santa Catarina, a Fetrancesc. Cinco sugestões foram detalhadas pela concessionária que administra o trecho da rodovia em Santa Catarina. No encontro, a Arteris disse que caso a obra seja realizada pela concessionária deve haver pedido para reequilíbrio financeiro na cobrança de pedágio. Na prática, isso significaria aumento no valor cobrado no pedágio. O tema vem sendo abordado junto à Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT).

    O espaço deverá receber sistema de iluminação em LED e contar com edificações incluindo banheiros, vestiários, chuveiros, fraldário e sala de estar. Haverá possibilidade de alimentação na área de pátio, porém, não contará com cozinha exclusiva. O sistema de estacionamento funcionará de maneira similar ao de shopping centers, com sensores indicando a existência ou não de vagas e qual a quantidade.

    A alternativa “A” apresentada prevê estacionamento nos dois sentidos da rodovia,para apenas 48 veículos de 30 metros, com implantação de passarela. A opção “B” prevê a implantação do estacionamento com 84 vagas de para veículos e edificação em canteiro central, com o deslocamento das pistas principais da rodovia. A terceira alternativa prevê o deslocamento da pista norte, o que compromete a utilização pelos usuários da pista sul (no sentido Porto Alegre), que necessitariam utilizar retornos para acessar a parada. O número estimado é de 80 vagas.

    A alternativa “D” apresenta uma nova disposição das vagas e a construção da edificação no mesmo local do antigo prédio administrativo. Nessa configuração, acontece o deslocamento da pista sul, porém compromete a utilização pelos usuários da pista norte (sentido Joinville), que necessitariam de retornos para acessar a parada. Nesta opção, serão 56 vagas de 30 metros e oito vagas de 12 metros.

    A quinta opção prevê a implantação de dois pátios distintos, sem alteração na pista principal da rodovia, porém considerando a implantação de dois sistemas de controle e passarela para acesso dos usuários na pista norte à edificação na pista sul. A estimativa é de que haja 40 vagas de 12 metros e mais 70 vagas de 30 metros.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas