nsc

publicidade

Loetz

Oportunidades

Customer Center deve gerar 200 empregos diretos e 700 indiretos até dezembro em Joinville

Compartilhe

Por Loetz
23/08/2019 - 17h49

(Foto: )

A Construtech Ambar abriu um Customer Center na Zona Industrial Norte, em Joinville, com projeção de gerar 200 empregos diretos e mais de 700 indiretos até dezembro de 2019. O centro de tecnologia para construção civil tem investimento de R$ 5 milhões e será responsável pela produção de soluções pré-fabricadas de instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias, paredes híbridas que saem prontas da fábrica e também diversos componentes de tecnologia.

Desde a sua fundação, em 2013, a empresa cresceu 111% ao ano e elegeu a cidade catarinense como estratégia devido a sua localização geográfica, uma vez que as regiões Sul, Sudeste e Nordeste abrigam quase 80% das obras em execução no País.

Centro comercial

A Prefeitura de Barra Velha anunciou nesta semana a construção do primeiro edifício 100% comercial da cidade. Batizado de Office Rosa, o empreendimento é de iniciativa privada e terá uma torre composta por salas comerciais que variam de 70 a 200 metros quadrados, na Avenida Santa Catarina, região central do município.

O prédio tem previsão de inauguração para 2020 e deve atender a demanda de empresas de pequeno porte, startups, escritórios e profissionais autônomos e liberais. A construção está sendo executada com um método sustentável e ecológico, inspirado em prédios dos Estados Unidos. Depois de pronto, utilizará energia Full Led e iluminação natural capaz de gerar redução de 40% no consumo de energia elétrica.

Cesta básica

O preço médio da cesta básica de Joinville apresenta queda de 0,63% em relação ao valor cobrado no mês passado, conforme pesquisa do Procon em oito estabelecimentos, considerando 45 itens. A cesta está custando, em média, R$ 264,36 na cidade.

Cadastro Positivo e LGPD

Na próxima terça-feira a Associação Empresarial de Joinville (ACIJ) realiza encontro sobre o Cadastro Positivo e Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), em parceria com a Boa Vista, e apoio da Facisc. O evento é gratuito, acontece a partir das 18h30 na sede da entidade, e o convite se estende a associados, empresários, profissionais do setor de crédito, tecnologia e público em geral.

Na ocasião serão apresentados os impactos do banco de dados com histórico de pagamento na economia e como a sociedade terá de se adaptar às regras de segurança de dados. As inscrições são pelo site da ACIJ.

Em vigor desde julho, o Cadastro Positivo consiste em armazenar num banco de dados o histórico de pagamento dos compromissos financeiros de pessoas físicas e jurídicas, o que pode influenciar na geração de crédito, redução das taxas de juros e em uma possível queda da inadimplência.

Já a LGPD, prevista para vigorar em agosto de 2020, vai afetar empresas e cidadãos, principalmente no que diz respeito à privacidade e ao tratamento de dados em meios on-line e off-line.

Participação

A Termotécnica marcou presença como expositora e patrocinadora do PMA Fresh Connections 2019, em São Paulo (SP), na quarta-feira, com a marca de conservadoras DaColheita. O evento acompanha as principais tendências e inovações para atender ao mercado de produtos frescos no Brasil e no mundo. Em levantamento da Abrafrutas, as exportações brasileiras de frutas no primeiro semestre de 2019 aumentaram 21% com relação ao mesmo período do ano passado e devem somar US$ 1 bilhão neste ano.

Leilão online

O primeiro leilão público e totalmente online para a venda de veículos, motocicletas, sucatas, mobiliários e bens de consumo inservíveis do Estado de Santa Catarina teve 40% de retorno a mais que o previsto pela Secretaria de Estado da Administração. Foram arrematados 319 dos 345 lotes ofertados, gerando arrecadação de R$ 2,19 milhões.

Arrecadação

A soma total de arrecadação das Receitas Federais atingiu o valor de R$ 137,7 bilhões em julho de 2019, um acréscimo real (IPCA) de quase 3% em relação ao mesmo mês no ano passado. Neste ano a arrecadação já totalizou R$ 895,3 bilhões e elevação de 1,97% no comparativo com os sete primeiros meses de 2018.

Valor 1.000

Ao menos dez empresas de Joinville, Jaraguá do Sul e São Bento do Sul compõem a lista das 1.000 maiores companhias brasileiras, segundo ranking divulgado pelo jornal Valor Econômico nesta semana.

A WEG de Jaraguá do Sul é a melhor colocada entre as representantes do Norte Catarinense na lista, na posição número 63.

A Tupy de Joinville também se destaca, avançando 20 posições no Valor 1.000 de 2017 para 2018, quando passou do 153º para o 129º no ranking. Tigre (238º); Mexichem Brasil (481); Tuper (555º); Schulz (579º); Oesa (669º); Abimex (709º); Krona (844º) e Dohler (909º) também estão ranqueadas de acordo com análise de oito indicadores contábeis e financeiros.

Deixe seu comentário:

Cláudio Loetz

Loetz

Loetz

Claudio Loetz é um dos mais renomados colunistas de economia do Sul do Brasil. Com textos analíticos e informativos, é a principal fonte de informação para os interessados em negócios em Joinville e região.

claudio.loetz@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade