nsc
nsc

Previsão

Joinvilenses vão gastar, em média, R$ 310 com material escolar

Compartilhe

Loetz
Por Loetz
22/01/2019 - 05h30
material escolar
(Foto: )

Os joinvilenses vão gastar, em média, R$ 310 para fazer as compras de material escolar neste ano. O valor é o segundo mais elevado dentre as sete cidades pesquisadas pela Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina. O maior gasto será o dos blumenauenses, com R$ 325. Em Florianópolis, os consumidores devem investir R$ 306. A média no Estado fica em R$ 286.

Os moradores de Lages, Itajaí, Chapecó e Criciúma puxam o valor médio para baixo porque são os que menos vão gastar com a finalidade de adquirir os bens. O levantamento também indica que 70% das compras vão se concentrar nos períodos fim de janeiro e início de fevereiro.

Varejo alimentar

Importante empresa do setor do varejo de alimentos deve se instalar em Joinville. A área já está comprada. O empreendimento deverá surpreender pelo tamanho e pelas características.

Impactos sobre os preços

A Federação das Indústrias de Santa Catarina manifestou preocupação com os impactos que os decretos 1860 e 1867, assinados nos dias 26 e 27 de dezembro de 2018 pelo então governador Eduardo Pinho Moreira, poderão causar à indústria catarinense, com a revogação de incentivos à economia. O presidente da entidade, Mario Cezar de Aguiar, destacou que estas medidas atingirão negócios celebrados.

Um dos efeitos é o possível aumento dos preços dos produtos de primeira necessidade para o consumidor final. A incidência do ICMS será elevada em 41% (como é o caso do GLP) a até 142% (leite em pó ou misturas para bolos). A se manter a decisão do governo passado, a vigência dos novos índices de ICMS se inicia em abril. O tema foi analisado em reunião de diretores da Fiesc com o governador Carlos Moisés.

Até dia 31

As empresas que querem optar pela adesão ao Simples Nacional para 2019 têm até o dia 31 de janeiro para realizar essa opção. Uma vez deferida, produzirá efeitos a partir do primeiro dia do ano -calendário da opção.

Antes de aderir, é necessária a eliminação de possíveis pendências que possam ser impeditivas para o ingresso ao regime tributário, como débitos com a Receita. A opção pode ser feita pela internet no www8.receita.fazenda.gov.br/simplesnacional.

Pobres e ricos

Estudo da Oxfam – instituição global dedicada a estudar a pobreza e a desigualdade sociail – mostra que as 26 pessoas mais ricas do mundo têm fortuna de US$ 1,4 trilhão. O valor é equivalente à soma dos 3,8 bilhões de indivíduos mais pobres. O estudo foi divulgado na véspera da reunião anual do Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.

Comércio se recupera

A atividade do comércio aumentou 6,8% no ano passado, o que significa que praticamente retornou ao nível pré-crise: está apenas 0,5% abaixo do patamar de 2014, segundo a Serasa Experian. A queda da inflação, a expansão moderada do crédito e uma melhora gradual do desemprego durante o segundo semestre, contribuíram positivamente para a atividade varejista em 2018. Vale notar que os segmentos mais ligados ao crédito exibiram melhores resultados em 2018 do que aqueles que estão mais diretamente ligados apenas à renda.

Ecoponto

Balneário Camboriú deverá ter seu primeiro ecoponto de resíduos recicláveis e reutilizáveis, seguindo a política nacional de resíduos sólidos, estabelecida pela lei federal 12.305/10, e as leis federais 11.445/07 e 9.795/99, que são referentes ao saneamento básico e à educação ambiental, respectivamente.

O espaço foi escolhido após várias análises e discussões. “Entendeu-se, com base no conceito multifacetário de meio ambiente – que une meio ambiente natural ao meio ambiente cultural, que o local escolhido vem ao encontro deste conceito e, assim, proporcionará um espaço para o cidadão, adequadamente, dispor os seus resíduos recicláveis e reutilizáveis, garantindo que eles tenham, posteriormente, a destinação ambientalmente correta.

Deixe seu comentário:

Cláudio Loetz

Colunista

Loetz

Claudio Loetz é um dos mais renomados colunistas de economia do Sul do Brasil. Com textos analíticos e informativos, é a principal fonte de informação para os interessados em negócios em Joinville e região.

siga Loetz

Últimas do colunista

Loading interface...
Cláudio Loetz

Colunista

Loetz

Claudio Loetz é um dos mais renomados colunistas de economia do Sul do Brasil. Com textos analíticos e informativos, é a principal fonte de informação para os interessados em negócios em Joinville e região.

siga Loetz

Mais colunistas

    Mais colunistas