nsc
    nsc

    Movimentação econômica

    Joinville terá 8% do ICMS a ser distribuído pelo Estado em 2021

    Compartilhe

    Loetz
    Por Loetz
    08/06/2020 - 14h16 - Atualizada em: 08/06/2020 - 14h21
    Joinville teve alta de 2,7% no comparativo com o ano de 2020
    Joinville teve alta de 2,7% no comparativo com o ano de 2020

    Estudo da Secretaria da Fazenda do Estado de Santa Catarina mostra que a fatia de Joinville na repartição do ICMS projetado para 2021 aumentou. Joinville lidera com 8,5% do total, seguido de Itajaí, com 8,3% e Blumenau, que aparece em terceiro lugar, mas com metade do percentual de Joinville: 4,3% do bolo estadual.

    Joinville teve alta de 2,7% no comparativo com o ano de 2020, o que significa repercussão financeira adicional de R$ 10,3 milhões.

    O município de Itapoá obteve o maior crescimento no índice (mais 30%), passando dos atuais 0,191% para 0,248%, e isso representa R$ 2,6 milhões a mais no caixa da prefeitura, em razão do início, no atacado, da importação de componentes eletrônicos. Em seguida aparece o município de Camboriú, com alta de 14,6%. Aí, a explicação está no desempenho do comércio atacadista de alimentos.

    Os números levam em conta a movimentação econômica nos anos de 2018 e 2019. O índice definitivo que caberá a cada município a ser aplicado em 2021, deverá ser divulgado em dezembro de 2020.

    Houve duas modificações no modelo de cálculo: a primeira, trata do cálculo do valor agregado relativo às prestações de transportes, que passou a ser medido a partir dos documentos fiscais eletrônicos. A outra modificação envolve os municípios com empreendimentos geradores de energia elétrica por fonte hidráulica.

    > Receba notícias de Joinville e da região Norte de SC por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do AN

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas