nsc
    nsc

    Análise

    Retomada lenta da economia frustra os consumidores

    Compartilhe

    Loetz
    Por Loetz
    05/12/2019 - 13h00 - Atualizada em: 05/12/2019 - 15h15

    Diminuiu a confiança do consumidor. Dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostram que o indicador de confiança do consumidor marcou 47,2 pontos em novembro, abaixo do registrado em janeiro, que foi de 49 pontos. Na comparação com outubro, o índice ficou um pouco acima (46,6 pontos) e também superou os resultados novembro do ano passado (46,2 pontos). Pela metodologia, o indicador varia de zero a 100, sendo que somente resultados acima de 50 pontos mostram uma percepção otimista do consumidor.

    A frustração com a lentidão na retomada econômica ainda é evidente quando se avalia o quadro atual. Em termos percentuais, apenas 9% dos consumidores consideram o momento da economia bom. Para os otimistas, 45% apontam expectativa de queda da inflação para os próximos meses, e 43% anotam redução das taxas de juros. Em contrapartida, seis em cada dez (66%) consumidores acham o cenário econômico ruim. Neste caso, a principal razão está ligada a uma percepção de alta dos preços dos produtos e serviços (66%).

    Leia as últimas notícias do NSC Total​ Assine o NSC Total para ter acesso ilimitado ao melhor conteúdo de Santa Catarina e aproveitar os descontos do Clube NSC.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas