nsc
    nsc

    Segurança digital

    Segurança de dados na área da saúde em debate em Joinville

    Compartilhe

    Loetz
    Por Loetz
    12/04/2019 - 04h45 - Atualizada em: 12/04/2019 - 11h11
    (Foto: Comstock Select, Divulgação)

    O tema segurança de dados foi debatido, no Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem, na quarta-feira, no Meetup Exponential Health, encontro multidisciplinar organizado pela empresa Magrathea Labs. O foco do encontro foi, justamente da utilização de instrumentos de tecnologias de inteligência artificial em saúde, e os dilemas éticos em relação a uso de dados.

    O debate contou com a participação de dois médicos, um cientista de dados, um advogado e um empreendedor da área da saúde.

    Rogers Pereira, da Magrathea, diz que precisa ser evidenciada a necessidade das pessoas saberem quem tem a posse dos seus dados, que esta posse tenha sido consentida, e que esteja claro com quem as informações estão sendo compartilhadas e para quais finalidades estão sendo usadas.

    Norival Silva Junior, do escritório de advocacia Silva, Santana & Testoni, complementa, citando o The Guardian e a consultoria pwc, respectivamente: o setor que mais sofre com quebra de sigilo de dados é a área da saúde e, coincidentemente, é na que a população mais confia.

    Não por acaso, a Lei Geral de Proteção de Dados é assunto cada vez mais natural no meio corporativo. As empresas estão se protegendo contra a invasão de hackers. É um mercado em expansão.

    Na quinta-feira, foi divulgada uma informação de que 2,4 milhões tiveram dados do SUS expostos e que, entre eles, estavam 106 joinvilenses. A informação foi negada pelo Ministério da Saúde em sua página oficial.

    Leia outras notas da coluna de Claudio Loetz desta sexta-feira

    Meio ambiente

    A Justiça decidiu que a concordância do Ibama em procedimentos de autorização de supressão de vegetação remanescente de mata atlântica em estágio médio de regeneração

    somente se faz necessária para empreendimentos e atividades de utilidade pública ou interesse social. Assim, foi determinado o levantamento do embargo imposto pelo órgão federal numa área do município Garuva.

    Os nós

    A criação de um grupo de trabalho que se dedique a desamarrar nós da burocracia, a reavaliações de legislações e ao estudo de maneiras para a simplificação de processos que envolvem o empreendedorismo em Jaraguá do Sul foi o resultado do debate com a participação da Prefeitura, Apevi, CDL, OAB, Associação de Engenheiros e Arquitetos, Associação de Imobiliárias e Sindicato dos Contabilistas.

    Startup

    Empreendedores interessados em participar do Get in the Ring São Paulo., etapa brasileira do maior evento de startups do mundo e promovida pelo Instituto Inova+ e o grupo Rede Mais (Rede+) tem prazo até 14 de abril para se inscrever. O evento será será realizada em 2 de maio na capital paulista.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas