nsc
    nsc

    Recursos

    Startups catarinenses captaram R$ 440 milhões em quatro anos

    Compartilhe

    Loetz
    Por Loetz
    24/04/2019 - 03h30
    (Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Diário Catarinense)

    Empresas startups inovadoras catarinenses captaram R$ 440 milhões nos últimos quatro anos. Os recursos foram bastante concentrados em poucas empresas, numa evidência de que o dinheiro sempre procura os mais bem preparados e com os melhores projetos. São os casos da Resultados Digitais, Neoway e Conta Azul. Juntas estas três capturaram 80% do total do capital investido no período 2015/2018 em empresas de tecnologia localizadas Santa Catarina.

    O levantamento é da Escola do Financeiro e ainda mostra outros dados: no ano passado foram feitas dez negócios, com movimentação de R$ 178,6 milhões. No ano anterior tinham sido realizados 16 aportes num valor total de R$ 115,8 milhões. No período anterior - de 2011 a 2014 - o setor foi pouco ativo na captação de investimentos de risco. No quadriênio foram captados apenas R$ 48 milhões.

    Alguns fatores explicam o desempenho: 1. Este mercado ainda é pequeno no Estado; 2. Alguns fundos estão diversificando mais a aplicação de dinheiro em outros Estados, como o Paraná, por exemplo. 

    Acate com Bradesco

    Nesta quarta-feira, a Associação Catarinense de Tecnologia (Acate) e o inovabra habitat, espaço de co-inovação do Bradesco, assinam um acordo de parceria para fomentar negócios entre as empresas e startups residentes no inovabra habitat e o ecossistema de inovação do Estado de Santa Catarina. O termo de parceria será formalizado em evento com a participação de Antranik Haroutiounian, diretor de pesquisa e inovação do Bradesco e Daniel Leipnitz, presidente da Aacate. O inovabra habitat reúne 190 startups e 70 empresas clientes do Bradesco, em um prédio com mais de 22 mil m², em São Paulo.

    Na Justiça

    A compra da Embraco pela japonesa Nidec, em abril de 2018, por US$ 1 bilhão, não é exatamente uma negociação tranquila. A norte-americana Whirlpool, dona da Embraco, move processo contra o grupo asiático na Justiça de Nova York revela o jornal "Valor Econômico".

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas