publicidade

Navegue por
Mário

Funcionários de unidade de saúde de Florianópolis fazem caixa com prontuários de pacientes faltosos

Compartilhe

Por Mário Motta
05/12/2018 - 06h35 - Atualizada em: 05/12/2018 - 06h32
Números altos chamam a atenção
Números altos chamam a atenção. Foto: Henrique Salimen/Arquivo pessoal

O leitor Henrique Salimen foi a unidade de Saúde do bairro Ingleses, em Florianópolis, e não resistiu fotografar essa caixa montada com muito capricho pelos servidores daquela unidade. Nela, foram armazenados prontuários de consultas marcadas e vários exames feitos por pacientes que nunca retornaram ao centro para o chamado "retorno" e medicação. Para ser mais exato, só em 2017, foram 1.431 consultas agendadas e nas quais o paciente não compareceu e sequer justificou. Nos 12 meses do ano passado, foram 1.568 exames de várias especialidades feitos e não aproveitados justamente pela ausência dos pacientes no retorno ou para sua retirada.

Na caixa, além desses números e do volume de papel gasto inutilmente, um pedido em letras pequeninas também foi feito pelos dedicados servidores da Saúde daquela unidade: "Seja consciente!".

E eu acrescento: consciente e responsável, pois reclamar das filas, da burocracia e da demora no atendimento da saúde pública é muito fácil. Cada um deve cumprir com sua obrigação e a do paciente é buscar ajuda, marcar a consulta ou o exame e se não puder comparecer na data agendada, dê um jeito de avisar o centro de saúde para que alguém possa usar sua vaga.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação