publicidade

Mário

PROJETO NO ESTREITO 

Grupo de amigos cria projeto para valorização do bairro Estreito, na Capital

Compartilhe

Por Mário Motta
10/08/2019 - 07h50 - Atualizada em: 10/08/2019 - 09h12
Sou Estreito e não largo.
Criadores do projeto recebidos pelo prefeito. Foto: Divulgação

Um grupo composto pelo jornalista Paulo Scarduelli, o designer Jorge Dolzan e o publicitário Túlio Sá criou um projeto que pretende estimular a partilha de valores e costumes do bairro Estreito, um dos mais populosos e dinâmicos de Florianópolis e, sobretudo, ressaltar o "espírito do lugar". Para isso, estão programadas e serão criadas novas atividades que destaquem as peculiaridades do Estreito, que já foi chamado de João Pessoa e pertenceu ao município de São José até 1944.

Uma campanha institucional marcará o início das ações do projeto, que quer envolver moradores e comerciantes do bairro e áreas próximas, já que a parte continental de Florianópolis é conurbada e densamente povoada. Outra ideia é incentivar as pessoas a conhecerem melhor as características do bairro e consumirem ali, de forma a reforçar a economia local. O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, recebeu os criadores e vestiu a camisa do projeto como prefeito e também nativo do Estreito. O lançamento do projeto está previsto para o início de setembro, com atividades se estendendo durante todo o mês.

Concurso de redação

Uma das atividades do projeto "Sou Estreito e não largo" que já podemos adiantar é um concurso de redação que vai envolver estudantes do 9º ano do ensino fundamental das escolas públicas e privadas do bairro. O objetivo é fomentar o resgate das histórias familiares por meio da escrita, ressaltando o que esta área da cidade tem de mais característico e peculiar. Outra ação vai estimular a busca de documentos antigos (como fotos e vídeos) guardados pelas famílias e que, compartilhados nas redes sociais, mostrem histórias humanas e as mudanças e transformações do Estreito nas últimas décadas.

Também estão previstas ações culturais, esportivas e de negócios, tudo com o objetivo de aproximar as pessoas e famílias em eventos solidários e descontraídos. "Nosso projeto é inclusivo e queremos abraçar e abrir espaço para todas as pessoas e instituições envolvidas nessa ideia de ser Estreito e não largar", finaliza Jorge Dolzan.

Deixe seu comentário:

publicidade