nsc
    nsc

    Microempreendedores Individuais

    Microempreendedores individuais devem ficar atentos às mudanças na legislação

    Compartilhe

    Mário
    Por Mário Motta
    20/01/2020 - 22h15
    Os MEIs também podem buscar apoio no Balcão do MEI no Mercado Público de Florianópolis (Foto: Ampe/Divulgação)
    Os MEIs também podem buscar apoio no Balcão do MEI no Mercado Público de Florianópolis (Foto: Ampe/Divulgação)

    Os microempreendedores individuas (MEIs) devem ficar atentos às mudanças na legislação que já entraram em vigor em 2020. O alerta é da Ampe Metropolitana.

    A partir deste ano, todo MEI que tenha um funcionário contratado deverá inserir no Sistema do eSocial todos os dados do colaborador, bem como aqueles relacionados a exames admissionais. O envio da folha de pagamento do funcionário também passou a ser obrigatório. Algumas atividades também tiveram alteração.

    Com o reajuste do salário mínimo a contribuição mensal foi alterada, com valores que variam de R$ 51,95 a R$ 57,95. A contribuição de janeiro de 2020 vence em 20 de fevereiro.

    Além disso, todo ano, até 31 de maio, o MEI deve enviar a sua declaração de faturamento referente aos ganhos do ano anterior.

    Em 2020, a receita auferida com a prestação de serviços também deverá constar na DAS-SIMEI e não apenas a receita relacionada às atividades de comércio.

    Para declarar, basta acessar o site ou procure a "Sala do Empreendedor". Para mais informações o MEI também pode procurar a Ampe Metropolitana, pelo fone (48) 3259-4800.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas