publicidade

Mário

Limpeza

O pedido do Alexandre de cuidado no Parque do Córrego Grande

Compartilhe

Por Mário Motta
07/01/2019 - 08h55 - Atualizada em: 07/01/2019 - 08h55
Harolda, fêmea que reside no lago. Foto: Talita Góes/Divulgação
Harolda, fêmea que reside no lago. Foto: Talita Góes/Divulgação

Recebo um pedido do leitor Alexandre Kretzer, morador do Córrego Grande, e o transmito à direção do Parque Ecológico Municipal Prof. João Davi Ferreira Lima, conhecido como Parque do Córrego Grande, antes Horto Florestal.

Ele pede um pouco mais de cuidado na conservação e na manutenção da limpeza especialmente do parquinho infantil. Como costuma levar as crianças para brincar por lá, diz ele ter encontrado, em diversas ocasiões, fezes de animais (possivelmente gatos ou cachorros) nos brinquedos ou em seu entorno.

Claro que se são de animais de estimação levados por outros usuários, o ideal seria que os mesmos também cuidassem do que seus filhotes produzem. Além disso, ele alerta para o perigo cada vez maior da presença dos jacarés no laguinho da frente. Sabemos que os mesmos não tem histórico de atacar humanos, mas, prevenir é um caminho mais seguro, especialmente pela presença de crianças cuja noção de perigo é bastante relativa.

Deixe seu comentário:

publicidade