nsc

publicidade

Moacir

Nota oficial

ACM repudia cerceamento a estudantes da UFSC por grevistas

Compartilhe

Por Moacir Pereira
13/09/2019 - 17h47 - Atualizada em: 13/09/2019 - 17h49

A Associação Catarinense de Medicina emitiu nota oficial repudiando todo e qualquer ato de cerceamento das atividades ou ameaça aos acadêmicos de medicina da Universidade Federal de Santa Catarina.

A manifestação é consequência das restrições violentas impostas pelos estudantes grevistas contra seus colegas que queriam continuar as aulas normalmente.

Idêntico repúdio foi formalmente externado também pelo Sindicato dos Médicos de Santa Catarina.

A nota tem o seguinte teor:

“A Associação Catarinense de Medicina – ACM repudia todo e qualquer ato de cerceamento das atividades ou ameaça aos acadêmicos de medicina da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, que resolveram não aderir à greve promovida pelos estudantes, a partir do dia 10 de setembro de 2019. Em defesa da democracia e dos direitos assegurados aos cidadãos brasileiros, a entidade médica clama pelo respeito ao posicionamento dos acadêmicos do curso, assim como pede a imediata apuração de atos inconstitucionais que possam ter ocorrido na Universidade.  

Florianópolis, dia 11 de Setembro de 2019.

ACM – Associação Catarinense de Medicina.”

publicidade