Navegue por

publicidade

Moacir

Eleições 2018

Aumenta a especulação de nomes para prováveis governos de SC

Compartilhe

Por Moacir Pereira
11/10/2018 - 22h48 - Atualizada em: 12/10/2018 - 09h47
Sede do governo
(Foto: )

O clima de otimismo predomina nos comitês do deputado Gelson Merisio (PSD) e do comandante Moisés (PSL). O pessedista esteve ontem no Sul do Estado concedendo entrevistas e fazendo contatos com lideranças. O liberal esteve no Rio com Lucas Esmeraldino e os deputados federais eleitos para reunião nacional, que teve a presença de Jair Bolsonaro. O clima era de empolgação pela pesquisa Datafolha, com larga vantagem de 16 pontos de Bolsonaro sobre Haddad.

Nos comitês dos dois candidatos se multiplicam planos de agendas e obtenção de apoios políticos. Na próxima quarta-feira eles participarão do primeiro debate a ser promovido pela Associação das Emissoras de Rádio e Televisão (Acaert). E no dia 19 terão espaço de meia hora cada um para falar na reunião mensal da Fiesc, que será também encontro do Conselho das Entidades Empresariais (Cofen).

Com a proximidade do pleito aumentaram as especulações sobre a formação do secretariado. Se for eleito, Merisio optará por Guilherme Zigelli na Secretaria da Fazenda. Rodrigo Moratelli, atual coordenador da campanha, volta à Defesa Civil. O  vice, João Kleinubing, coordenará a reforma administrativa e a gestão estadual.

Na medida em que a eleição se aproxima se multiplicam as especulações. No Sul, informou-se ontem que o empresário Oscar Balsini, da Betha Sistemas de Informática, estaria cogitado para o secretariado. Merisio também teria decidido, se eleito, convidar um representante do Ministério Público estadual para a Secretaria de Segurança Pública. O nome mais cogitado é o do promotor Odair Tramontin, coordenador estadual do Gaeco.

O comandante Moisés tem enfatizado que vai priorizar os servidores de carreira no secretariado e cargos comissionados. Optará, também, pela meritocracia e pela formação técnica. O maior número de colaboradores vêm da area militar, especialmente da PM e dos Bombeiros. 

A única certeza: se for eleito, Lucas Esmeraldino terá função de destaque no secretariado estadual.

 

Livros

feira
(Foto: )

A Feira do Livro de Balneário Camboriú entrará no calendário oficial do município. O vereador Moacir Schmidt (PSDB) apresentará projeto de lei neste sentido para incrementar a leitura e as atividades culturais no maior balnenário do litoral catarinense. O evento deste ano, organizado pela empresária Miriam de Almeida Pinheiro e a Academia de Letras, teve a participação de escritores como Mário Prata (D) e Fernanda Young.

Feira digital

Uma superestrutura está sendo montada na área externa do Centrosul, em Florianópolis, para o “RD Sumit 2018”, o maior evento de marketing digital da América Latina e o quinto mais importante do mundo.

O primeiro foi realizado aqui em 2013 com 221 participantes. Este ano já estão garantidos pelo menos 12 mil participantes. O programa conta com 150 palestrantes. Será realizado entre 7 a 9 de novembro. O novo espaço acrescentará mais 12 mil metros quadrados de área coberta no CentroSul.

 

Leia também:

Diplomação dos candidatos será no Tribunal de Justiça

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação