publicidade

Navegue por
Moacir

Promessas antigas

Bolsonaro precisa estar bem informado sobre as obras em SC

Compartilhe

Por Moacir Pereira
09/01/2019 - 05h00 - Atualizada em: 09/01/2019 - 05h00
Bolsonaro
(Foto: )

Quando a presidente Dilma Rousseff esteve em Blumenau em 2010 fez um contundente discurso que repercutiu no Vale e em toda Santa Catarina. Proclamou então:  “A duplicação da BR-470 é meu compromisso de honra.”  Seu governo demorou três penosos anos para lançar o edital. Previa três anos para conclusão da obra. Terminou o primeiro mandato, e nada! Foi cassado o segundo e a promessa ficou na retórica.

Lula já havia dado garantia semelhante, sem que seu governo tomasse qualquer iniciativa naquela que é hoje a maior aspiração catarinense no setor rodoviário.  Afinal, é pela BR-470 que se transporte parcela majoritária da produção catarinense, especialmente o esforço exemplar dos agricultores ligados ao agronegócio.    

No governo Temer algumas migalhas foram liberadas e pequenos trechos foram atacados.  E agora ninguém faz previsões.

Oportuna, portanto, a matéria da repórter Karine Wenzel, sobre as 43 obras atrasadas no Estado de uma lista de 50 consideradas vitais para a economia estadual. Há, ali, projetos estaduais, mas a lista deixa evidente que as principais obras são do governo federal.

Os dados representam uma advertência ao novo governo estadual e à bancada federal  pelos gigantescos desafios nas relações com o governo Bolsonaro. O futuro de Santa Catarina depende mais de Brasilia do que do esforço, do trabalho e da criatividade da população catarinense.

Veja-se esta péssima notícia de nova paralisação das obras do Contorno Viário da BR-101. A empreiteira contratada suspendeu os serviços e não será punida? A Arteris não vai tomar medidas drásticas para que isto não se repita? E a ANTT, que tem feito corpo mole e enrola os catarinense há anos vai ficar olhando a banda passar?

O presidente Jair Bolsonaro recebeu aqui 76% dos votos. Não fez promessas, mas precisa ser bem informado desta trágica situação.

Moacir Pereira

Moacir Pereira

Moacir Pereira

Principal nome do jornalismo político catarinense, é respeitado pela classe assim como nos campos empresarial e jurídico. A exclusividade de suas notícias se reflete na sua credibilidade.

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação