publicidade

Navegue por
Moacir

Celesc volta atrás e decide manter a regional em Criciúma

Compartilhe

Por Moacir Pereira
19/02/2019 - 14h40 - Atualizada em: 19/02/2019 - 14h41
(Foto: Salmo Duarte / A Notícia)

O presidente da Celesc Distribuição, Cleicio Martins, decidiu manter a Regional da empresa em Criciúma. Decisão tomada depois de longas reuniões com uma expressiva representação política, empresarial e comunitária do sul catarinense.

Martins reagiu inicialmente aos apelos dos prefeitos, deputados, empresários e vereadores de Criciúma e vários municípios, alegando que a Celesc havia vendido o edifício sede na cidade e que estava pagando aluguel de 40 mil reais mensais. O prefeito Clésio Salvaro(PSDB) contestou, dizendo que a decisão da venda foi tomada em 2012 pela Diretoria da estatal. E mostrou que as principais cidades polo de Santa Catarina terão as Regionais mantidas, como Chapecó, Lages, Joinville, Blumenau. O presidente Cleicio, segundo Salvaro, queria impedir a presença de prefeitos, vereadores e empresários na reunião, mas acabou cedendo por pressões das lideranças. Reuniu-se depois, em separado, com os cinco deputados da região ali presentes: Luiz Fernando Vampiro, Ada de Lucca, Rodrigo Minotto, Jessé Lopes e José Milton Schefer. Ao fim do encontro anunciou a manutenção da Regional de Criciúma.

Moacir Pereira

Moacir Pereira

Moacir Pereira

Principal nome do jornalismo político catarinense, é respeitado pela classe assim como nos campos empresarial e jurídico. A exclusividade de suas notícias se reflete na sua credibilidade.

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação