nsc

publicidade

Moacir

Na Alesc

Deputado Bruno Souza relata agressão em fala na tribuna da Alesc

Compartilhe

Por Moacir Pereira
11/09/2019 - 18h23 - Atualizada em: 11/09/2019 - 18h32
Bruno Souza (Foto: Rodolfo Espínola / Agência AL/Divulgação)

O deputado Bruno Souza ocupou no fim da tarde a tribuna da Assembleia Legislativa para condenar os atos de agressão e violência de que foi vítima nesta quarta-feira (11), quando visitava o campus da Universidade Federal de Santa Catarina, na Trindade.

Relatou que, como faz com frequência, foi nas imediações da Reitoria para ouvir os estudantes – os que são grevistas e os que são contra a paralisação – sendo surpreendido por um grupo de militantes que não soube identificar, jovens e adultos.

Eles estavam próximos de barracas com imensas faixas do Lula Livre estendidas no chão, quando um dos militantes se aproximou pedindo adesão a um abaixo assinado pela libertação do ex-presidente.

Ato contínuo, segundo o parlamentar, vários dos militantes investiram contra ele e contra seu assessor, que estava munido de uma máquina fotográfica. Ambos tiveram que se afastar rapidamente para não sofrer ferimentos.

— Sou um liberal, defendo o capitalismo, a plena liberdade de expressão, enquanto as esquerdas optam pela violência, preferem o paredão. – Afirmou Bruno Souza.

Depois de criticar o uso do espaço para atuação partidária, afirmou: “cada um escolha a forma como quer se envergonhar”, referindo-se às faixas de Lula Livre.

E concluiu: “Eles estão na desgraça e por isso partem para a violência. A eles não resta mais nada, nem vergonha e nem honra”.

Moacir Pereira

Moacir Pereira

Moacir Pereira

Principal nome do jornalismo político catarinense, é respeitado pela classe assim como nos campos empresarial e jurídico. A exclusividade de suas notícias se reflete na sua credibilidade.

moacir.pereira@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade