nsc
    nsc

    VISITA NA CAPITAL

    Documento sobre a Rota do Milho será entregue a Mourão

    Compartilhe

    Por Moacir Pereira
    28/02/2020 - 10h31
    Documento sobre a Rota do Milho será entregue a Mourão (Foto: Lauro ALves / Agência RBS)
    Documento sobre a Rota do Milho será entregue a Mourão (Foto: Lauro ALves / Agência RBS)

    Um documento, contendo histórico e dados oficiais sobre a importância da Rota do Milho, viabilizando a importação do produto do Paraguai para atender os criadores do Oeste de Santa Catarina, será entregue ao vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, durante sua rápida visita a Florianópolis.

    O estudo foi elaborado e será apresentado pelo deputado Marcos Vieira, da Frente Parlamentar da “Nova Rota do Milho” e presidente da Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa, a pedido do presidente da Fiesc, Mário Cezar de Aguiar.

    Fundamenta o trabalho as informações econômicas sobre Santa Catarina, primeiro estado na produção de suínos, segundo na criação de aves e quarto maior produtor de leite do Brasil. Revela que o milho é insumo vital para todo este desempenho do setor agrícola, mas Santa Catarina produz apenas 3 milhões de toneladas de milho, para um consumo de 7 milhões de toneladas. 

    O déficit é coberto com importação de 4 milhões de toneladas/ano do centro oeste, com distâncias que variam de 1.500 a 2.000 km do oeste.

    A Nova Rota do Milho prevê a importação do Paraguai numa distância média de 1.000 km, que irá reduzir os preços para os criadores catarinenses. Atualmente, o Estado já importa cerca de 800 mil toneladas de milho por este novo trajeto.

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas