nsc
    nsc

    Simesc

    Sindicato entra na justiça para garantir 13º salário

    Compartilhe

    Por Moacir Pereira
    17/12/2019 - 07h43 - Atualizada em: 17/12/2019 - 07h45
    Médico
    (Foto: NSC Total)

    O Sindicato dos Médicos de Santa Catarina entrou com ação cautelar na Justiça Estadual para que a empresa OZZ Saúde, gestora do SAMU seja obrigada ao pagamento do 13º salário garantido pela CLT.

    O Simesc requer que, se a gratificação natalina não for creditada, que os recursos necessários sejam bloqueados nas conta da empresa.

    O assessor jurídico do Sindicato, Alberto Gonçalves de Souza Júnior solicita mais.

    Alega: “A mesma ação, caso não existam valores suficientes para a quitação, requer o bloqueio de créditos em poder do Estado de Santa Catarina, que seriam repassados a empresa.”

    Ele esclareceu que a legislação trabalhista determina que a primeira parcela do 13º seja paga até o dia 30 de novembro de cada ano, o que não ocorreu até agora.

    Leia também A saúde que desejamos no Brasil e em Santa Catarina

    Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total e aproveite os descontos do Clube NSC.

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas