nsc
nsc

Decisão

Tribunal de Justiça de SC suspende aposentadoria do desembargador Eduardo Gallo

Compartilhe

Moacir
Por Moacir Pereira
20/01/2020 - 19h42 - Atualizada em: 20/01/2020 - 19h43
Desembargador Eduardo Mattos Gallo (Foto: Divulgação)
Desembargador Eduardo Mattos Gallo (Foto: Divulgação)

O presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC), desembargador Rodrigo Collaço, assinou o Ato número 35, suspendendo os efeitos do ato GP número 1.261, de 9 de julho de 2018, que aposentou compulsoriamente o desembargador Eduardo Mattos Gallo, com proventos proporcionais, conforme acórdão do Órgão Especial.

Pelo mesmo ato, Gallo foi reintegrado ao quadro da magistratura, pela decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), processo administrativo 0083384-55.2019.8.24.0710. A reintegração tem efeito retroativo a 19 de dezembro de 2019, segundo o mesmo ato.

No Judiciário Catarinense, a decisão do Conselho teve péssima repercussão pela constatação de que uma decisão de um conselheiro do CNJ derrubou deliberação coletiva do Órgão Especial do TJ-SC.

Moacir Pereira

Colunista

Moacir Pereira

Principal nome do jornalismo político catarinense, é respeitado pela classe assim como nos campos empresarial e jurídico. A exclusividade de suas notícias se reflete na sua credibilidade.

siga Moacir Pereira

Últimas do colunista

Loading interface...
Moacir Pereira

Colunista

Moacir Pereira

Principal nome do jornalismo político catarinense, é respeitado pela classe assim como nos campos empresarial e jurídico. A exclusividade de suas notícias se reflete na sua credibilidade.

siga Moacir Pereira

Mais colunistas

    Mais colunistas