nsc
    nsc

    DIVERSÃO

    Troféu Guga Kuerten em disputa na Praia Brava

    Compartilhe

    Por Moacir Pereira
    26/01/2020 - 07h24 - Atualizada em: 26/01/2020 - 07h29
    Guga participou do evento em Florianópolis (Foto: Moacir Pereira)
    Guga participou do evento em Florianópolis (Foto: Moacir Pereira)

    Um sábado especial, ensolarado, quente e convidativo para o desfrute das maravilhas das praias da Ilha de Santa Catarina e um eclético grupo de catarinenses participa nos salões do belo Condomínio Águas da Brava da disputa do Troféu Guga Kuerten no Open Brava de Dominó. Trata-se de evento que já se tornou também tradicional durante o verão na Ilha de Santa Catarina. Dir-se-ia que é um dos filhotes do famoso “Dominó do Estimado”, criado há 33 anos pelo professor Jorge Seara Polidoro e por ele coordenado até hoje.

    Trata-se de uma confraria realmente extraordinária porque reúne anualmente todas as tribos de Florianópolis, além de convidados especiais de fora do Estado e até do Exterior.

    A abertura do evento de singular confraternização foi aberto pelo consagrado tenista Gustavo Kuerten, morador do confortável resort, e incentivador destes gratificantes encontros. 

    Com aquela exemplar simplicidade, deu as boas vindas a todo, com afeto e humildade, falou da importância deste dia de fraternidade entre amigos e conhecidos, enfatizando a importância da disputa civilizada e acirrada, pacífica e bem humorada que esta prática esportiva propicia a todos os participantes.

    O organizador José Nazareno Vieira, o Zeno, deu as coordenadas, falou das regras do jogo e também destacou o privilégio e a harmonia da competição.

    O dominó é realmente um tipo de competição com singular característica democrática. Reúne duplas de diferentes idades, profissão, raça, cor, religião, condição social e econômica, tudo no mesmo nível e sem preconceitos ou privilégios.

    Uma disputa que sempre traz resultados surpreendentes. No Dominó do Estimado, por exemplo, o troféu foi conquistado pela dupla Nelson Alves e Nikita Prado, em duas edições consecutivas, tornando-a bicampeã.  Este ano, a mesma dupla  perdeu de 100 pontos a zero, recebendo a famosa “lisa” e tendo direito ao Troféu Jaca.

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas