nsc

publicidade

Moacir

Opinião

Vaza-Jato: conspirações contra o Brasil

Compartilhe

Por Moacir Pereira
20/06/2019 - 04h00
Sérgio Moro virou até boneco inflável de mais de 20 metros de altura, trajando o uniforme do herói dos quadrinhos e dos cinemas Superman. (Foto: Leopoldo Silva / Agência Senado).

Recordando: na véspera de aprovação da reforma da previdência do governo Temer forças ocultas vazaram conversas do ex-presidente com o criminoso empresário Joesley Batista, enterrando a PEC. 

Agora, na hora em que tudo caminha para a aprovação da nova previdência, um site vergonhoso, valendo-se de atos criminosos, tenta derrubar o projeto com esta polêmica inútil e hipócrita sobre supostas conversas entre o ex-juiz Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallagnol.

Hipócritas e ridículas, porque todos os que atuam nos meios jurídicos testemunham todos os dias conversas de magistrados com advogados e com procuradores, de ministros recebendo advogados, e de advogados reunidos em festas com magistrados de tribunais superiores.

Causa perplexidade ver lideranças respeitadas perdendo tempo para divulgar conteúdos suspeitos de ações criminosas. Dão mais valor a bandidos cibernéticos do que àqueles que livraram o Brasil do maior escândalo de corrupção da história. Estes hackers facínoras estão atentando contra a sociedade, a Democracia e contra o Estado de Direito.

Apoiados por fanáticos e cangaceiros, conspiram contra o Brasil.

Moacir Pereira

Moacir Pereira

Moacir Pereira

Principal nome do jornalismo político catarinense, é respeitado pela classe assim como nos campos empresarial e jurídico. A exclusividade de suas notícias se reflete na sua credibilidade.

moacir.pereira@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade