nsc

publicidade

Pancho

Educação

Colégio Militar de Blumenau quer abrir quatro novas turmas no próximo ano

Compartilhe

Por Pancho
10/06/2019 - 07h29 - Atualizada em: 10/06/2019 - 07h34
Foto: Cristiano Estrela, BD, 14/9/2017

Quatro novas turmas podem ser abertas em 2020 no Colégio Militar Feliciano Nunes Pires, em Blumenau. Pelo menos esse foi o pedido feito pela comandante-diretora da unidade de ensino, tenente-coronel Patrícia Maccari, ao comando-geral da Polícia Militar de Santa Catarina.

A ideia é abrir duas turmas de sexto ano e duas de sétimo ano. Hoje o colégio que começou a funcionar em 2018 tem duas turmas com 70 alunos no total. Todos estão cursando o sétimo ano.

Se o pedido de quatro turmas for aprovado o colégio vai poder compensar o fato de não ter aberto novas turmas em 2019. Isso porque o Ministério Público questionou a cota para filhos de militares e a questão foi parar na Justiça.

Hoje uma lei aprovada na Assembleia Legislativa garante que 50% das vagas sejam destinadas a filhos de militares estaduais — policiais ou bombeiros. A expectativa é que em Blumenau os filhos de militares ocupem cerca de 20% das vagas, deixando a maior parte para a comunidade.

Prova para entrar

Outra novidade pode ser o meio pelo qual os alunos conseguem acesso ao colégio militar. Para as turmas em atividade foi feito um sorteio. A ideia é que o ingresso seja determinado por uma prova classificatória, como ocorre nos vestibulares, por exemplo.

Segundo Maccari, seria o mais justo, mas a proposta também está em análise no comando-geral da Polícia Militar de SC. No ano passado houve 287 inscrições para as 70 vagas que foram abertas.

Reforma necessária

A direção do Colégio Militar Feliciano Nunes Pires também aguarda o "ok" da Secretaria de Estado da Educação para iniciar uma reforma na unidade, que funciona no antigo prédio da Escola de Educação Básica Pedro II, na Rua Marechal Floriano Peixoto, jardim Blumenau. A edificação é 1924 — está perto de completar 100 anos — e requer algumas melhorias, principalmente na parte elétrica. A expectativa é que o edital de licitação para contratar o serviço seja lançado em breve.

Deixe seu comentário:

Pancho

Pancho

Pancho

O noticiário de Blumenau e região enriquecido com opinião. Política, segurança pública e as polêmicas da região, além da análise, dicas e curiosidades do cotidiano.

pancho@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade