Florianópolis

publicidade

Pancho

Infraestrutura

Duplicação da BR-470 perde mais R$ 20 milhões em 2018

Compartilhe

Por Pancho
12/07/2018 - 17h09 - Atualizada em: 12/07/2018 - 17h13
Obra ns lotes 1 e 2, entre Navegantes e Gaspar, terão ritmo reduzido
Obra ns lotes 1 e 2, entre Navegantes e Gaspar, terão ritmo reduzido. Foto: Pancho, BD, 28/3/2018

Mais um revés na obra de duplicação da nossa BR-470. Os deputados federais aprovaram na quarta-feira o projeto de lei que tira dinheiro que estava destinado para obras nas rodovias federais de Santa Catarina neste ano para aplicar em outras áreas, como educação e saúde. Perdemos R$ 76 milhões, sendo que R$ 20 milhões seriam investidos na principal rodovia do Vale do Itajaí.

No total, o projeto de lei retira R$ 991 milhões de algumas pastas para colocar nos ministérios da Educação, Saúde, Integração Nacional e Desenvolvimento Social. O texto não específica em quais programas o dinheiro será investido nem quanto cada estado receberá.

Siga Pancho no Facebook, Twitter e Instagram​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​

Dos 336 deputados presentes, 198 votaram pela aprovação do projeto, 136 contra e dois se abstiveram. Entre os deputados catarinenses, cinco votaram pela aprovação do projeto de lei e 11 votaram contra, entre eles os deputados Décio Lima (PT) e João Paulo Kleinübing (DEM).

O valor do corte para as rodovias federais de SC era maior. A primeira proposta que tramitou na Câmara previa a retirada de R$ 146 milhões em obras nas nossas rodovias. A bancada catarinense trabalhou e conseguiu a redução do valor junto ao governo federal.

Somando o corte feito no Orçamento anteriormente, a BR-470 já perdeu neste ano praticamente um terço dos R$ 145 milhões que estavam reservados para a duplicação. Do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) vem a informação que o dinheiro disponível é suficiente para dar continuidade aos trabalhos em 2018. Só não terá o ritmo que poderia ter.

É sempre bom lembrar que esses cortes estão relacionados às obras nos lotes 1 e 2, entre Navegantes e Gaspar. Os trabalhos que estão em andamento entre Gaspar e Indaial estão sendo bancados por sobras de anos anteriores que não têm relação com o Orçamento.

Confira como votaram os deputados catarinenses

Carmen Zanotto (PPS) - Sim

Celso Maldaner (MDB) - Sim

Cesar Souza (PSD) - Não

Décio Lima (PT) - Não

Esperidião Amin (PP) - Não

Geovania de Sá (PSDB) - Não

João Paulo Kleinübing (DEM) - Não

João Rodrigues (PSD) - Sim

Jorginho Mello (PR) - Não

Marco Tebaldi (PSDB) - Não

Mauro Mariani (MDB) - Não

Osvaldo Mafra (SOL) - Não

Pedro Uczai (PT) - Não

Rogério Peninha Mendonça (MDB) - Não

Ronaldo Benedet (MDB) - Sim

Valdir Colatto (MDB) - Sim

Deixe seu comentário:

publicidade

Florianópolis
© 2017 NSC Comunicação
Florianópolis
© 2017 NSC Comunicação