nsc

publicidade

FAKE NEWS

Internauta terá que indenizar posto de combustíveis por propagar informação falsa

Compartilhe

Pancho
Por Pancho
21/10/2019 - 18h01 - Atualizada em: 21/10/2019 - 21h03
Gasolina
Foto: Diorgenes Pandini, BD, 20/08/2019

Cidadão de Brusque foi condenado a pagar R$ 10 mil mais juros e correção monetária por danos morais a um posto de combustíveis da cidade. Em maio de 2018 ele postou em uma rede social uma foto com combustível adulterado e de qualidade duvidosa acompanhada da frase “Olha a gasolina do (nome do posto). Tirada da bomba agora cedo".

Eis que a foto não era daquele dia e muito menos daquele posto. Era, vejam só, de outro estado, mas foi suficiente para motivar 24 comentários e 133 compartilhamentos, acabando com a imagem do posto errado. Além de pagar a indenização, o internauta também terá que fazer uma retratação pública nas rede sociais dele. O internauta ainda pode recorrer ao Tribunal de Justiça.

Quem sabe assim acabamos com essa mania de propagar o que nem sabemos se é verdadeiro ou não. Fica o alerta a quem repassa o que não foi checado.

Leia também

Furacão e tornado em Santa Catarina? Cuidado com o que você compartilha na internet

Canal contra fake news recebe 299 notícias falsas vindas de SC em um ano

Seminário da ANJ discute os chamados "deepfakes", a última geração da desinformação

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

Pancho

Colunista

Pancho

O noticiário de Blumenau e região enriquecido com opinião. Política, segurança pública e as polêmicas da região, além da análise, dicas e curiosidades do cotidiano.

siga Pancho

publicidade