nsc

publicidade

Pancho

SERVIÇO PÚBLICO

Prefeitura de Gaspar lança edital de concorrência para o transporte coletivo da cidade

Compartilhe

Por Pancho
20/08/2019 - 09h26 - Atualizada em: 20/08/2019 - 09h47
Desde 2016 o serviço é prestado em regime emergencial. Foto: Patrick Rodrigues, 2/7/2018

A prefeitura de Gaspar lançou edital de concorrência para definir a empresa que vai prestar o serviço público de transporte coletivo urbano pelos próximos 20 anos. As propostas das empresas interessadas serão abertas no dia 22 de outubro, às 9h30min. Será escolhida a participante que oferecer o menor preço da passagem, desde que atendendo todas as exigências previstas no edital. O valor máximo fixado pela prefeitura para a tarifa é de R$ 4,40, quarenta centavos menos que a atual tarifa.

Hoje o serviço de transporte público em Gaspar é prestado em regime emergencial pela Coletivo Caturani. O contrato com a empresa vence no mês que vem e por isso um novo contrato emergencial deve ser assinado em setembro, um mês antes da abertura das propostas do edital. Um edital chegou a ser lançado no início do ano, mas houve muitos questionamentos, o que forçou a prefeitura a suspender o processo e aperfeiçoar o edital.

Número de passageiros cai

O serviço vem sendo prestado em regime emergencial desde 2016. Uma decisão judicial em ação civil pública obrigou a prefeitura a romper o contrato com a empresa anterior e desde lá tenta lançar o edital para regularizar a prestação do serviço.

Gaspar tem 19 linhas de transporte coletivo e 23 ônibus à disposição. No ano passado transportou 92,9 mil passageiros por mês. Neste ano esse número caiu para 85,2 mil.

Segundo o procurador do município, Felipe Braz, a maior dificuldade é definir o preço da tarifa já que a cidade tem o índice de passageiros por quilômetro (IPK) baixo graças ao grande território e a baixa densidade demográfica em boa parte dele.

Deixe seu comentário:

publicidade