nsc
nsc

COMUNICAÇÃO

Blumenau defende vacinação contra Covid-19 em nova campanha: "Não é escolha, é compromisso"

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
14/05/2021 - 16h09 - Atualizada em: 14/05/2021 - 16h44
Campanha contra a vacina
Trecho da peça publicitária da campanha que reforça a importância da vacina (Foto: Reprodução)

Enfileiradas, pedras de dominó desabam em sequência, uma a uma. O fluxo só é interrompido quando um dedo de uma mão quebra a corrente, impedindo que a peça seguinte caia – e, por consequência, mantendo as restantes de pé. A cena ilustra a mais nova campanha da prefeitura de Blumenau contra a Covid-19. As pedras representam a transmissão do coronavírus e só param de desmoronar quando há uma interferência externa. Neste caso, a mão é a vacina.

> Receba notícias de Blumenau e do Vale pelo WhatsApp

O vídeo faz um resgate histórico para ressaltar a importância da imunização contra pragas letais. Lembra que a varíola chegou a dizimar 300 milhões de vidas apenas no século 20. E que a paralisia infantil atingiu milhões de crianças. Ou, ainda, que a raiva mata 100% dos infectados. São doenças que foram erradicadas ou controladas com vacinas e graças a uma grande mobilização da sociedade e de órgãos de saúde, em um esforço coletivo sintetizado pela frase que encerra a propaganda:

“Vacina não é escolha, é compromisso”.

Ninguém é obrigado a se vacinar, mas com a ação a prefeitura quer reforçar a importância das doses, diz o secretário de Comunicação, Felipe Rodrigues. Outra medida já tomada para agilizar a vacinação foi facilitar a obtenção de atestados que comprovem comorbidades.

Em meio à guerra contra o vírus, há também uma guerra contra a desinformação que já resultou em sobra de doses destinadas a idosos. Além da escassez geral de vacinas, a estratégia de combate à Covid-19 enfrenta resistência de uma parcela negacionista da sociedade, que ignora os benefícios da proteção coletiva e põe em xeque a eficácia dos imunizantes.

O medo de efeitos colaterais resultantes da aplicação também ajuda a explicar o bloqueio de algumas pessoas à vacina, principalmente a da Astrazeneca, alvo mais frequente de queixas. Mas reações como febre e dores no corpo, as mais relatadas, são comuns e duram pouco tempo, segundo especialistas. Como diz a mensagem da prefeitura, “a vacina é a única chance de impedir que a doença se instale”.

Alerta para o coronavírus

Propaganda da prefeitura de Blumenau reforça importância da vacinação contra a Covid-19

A nova campanha estreou nesta quinta-feira (13) e vai circular em emissoras de televisão, com ações também na web. Além dela, a prefeitura trabalha na elaboração de um folder informativo que será distribuído a quem passar pela central de vacinação da Vila Germânica.

O material vai orientar pessoas que sentirem dores no corpo, febre ou outros sintomas gripais a procurar uma unidade de Estratégia Saúde da Família (ESF). E também reforçar que, após receber a vacina contra a Covid-19, é preciso aguardar pelo menos 14 dias para receber outras vacinas e que a imunização completa só se confirma 30 dias após a aplicação da segunda dose.

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado sobre economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região pelo WhatsApp ou Telegram

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas