nsc
nsc

Economia

Blumenau prepara adesão ao programa Cidade Empreendedora do Sebrae

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
07/06/2021 - 12h19
Rua XV de Novembro, no Centro de Blumenau
Rua XV de Novembro, no Centro de Blumenau (Foto: Patrick Rodrigues)

A prefeitura de Blumenau está acertando os últimos detalhes para implantar o programa Cidade Empreendedora, desenvolvido pelo Sebrae. Município e entidade já definiram ações e eixos estratégicos na gestão pública e na economia que serão aprimorados com o auxílio de consultores especializados até o fim do ano que vem.

> Receba notícias de Blumenau e do Vale pelo WhatsApp

O investimento será de R$ 320 mil para cada uma das partes. O orçamento está disponível e o contrato passará por análise da Procuradoria-Geral antes de ser assinado, diz o secretário de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Sylvio Zimmermann.

O Cidade Empreendedora engloba um conjunto de medidas que, na prática, visam melhorar o ambiente de negócios. Elas incluem desburocratização de processos na administração pública, estímulo ao empreendedorismo na rede municipal de ensino e capacitação de pequenos fornecedores para participação em compras de produtos e serviços feitas pelo governo – na lógica de que a contratação de uma empresa local mantém o dinheiro circulando no município.

O diretor de Desenvolvimento Econômico e Inovação da Sedec, Charles Schwanke, é quem costura a adesão ao Cidade Empreendedora. Além do incentivo a micro e pequenas empresas, ele explica que uma das ações vai mirar na aceleração de novos microempreendedores individuais (MEIs) – com uma reedição do Programa Salto.

Em outra frente serão trabalhados o fomento à agricultura famílias e aspectos relacionados a marketing e ao empoderamento feminino em cargos de gestão e liderança da prefeitura, acrescenta Schwanke.

Os planos municipais de desenvolvimento econômico (Pedem) e de turismo, lançados entre 2015 e 2016 ainda na gestão Napoleão Bernardes, também serão revistos nesse pacote. Os documentos traçavam metas de curto, médio e longo prazos para diversos setores da economia, mas poucas ações avançaram. Como o contexto agora é diferente, as premissas serão reavaliadas.

O gerente regional do Sebrae, Donizete Boger, diz que o Cidade Empreendedora funciona como uma espécie de guarda-chuva de ações que a entidade desenvolve há mais de 30 anos. O objetivo principal é impulsionar o desenvolvimento local a partir da implementação de politicas publicas que estimulem o empreendedorismo.

Na região do Vale, cidades como Rio do Sul, Indaial e Timbó, além de outros municípios de menor porte, já participaram do programa.

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado sobre economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região pelo WhatsApp ou Telegram

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas